Prefeitura de Marabá realiza audiência pública do transporte coletivo

Será nesta quinta-feira (30), quando a sociedade civil será informada do estudo que fundamenta o Termo de Referência do edital de licitação para a concessão do serviço no município
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Marabá já deu início ao processo de mudança na prestação do serviço de Transporte Coletivo Público na cidade. Nesta quinta-feira (30) acontecerá a primeira Audiência Pública para apresentação e avaliação do estudo técnico que vai fundamentar o Termo de Referência do edital de licitação para a concessão do serviço no município. O encontro está previsto para iniciar às 8 horas da manhã, no Cine Marrocos, na Marabá Pioneira.

O objetivo da audiência pública é informar à sociedade civil sobre o conteúdo do estudo técnico, modelo do sistema de transporte público proposto, bem como as exigências do edital de licitação para concorrência e o modo de seleção das propostas.

De acordo com o Jair Guimarães, secretário de Segurança Institucional, a quem está subordinado o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano, todo o trabalho de apuração desse estudo iniciou no ano passado, com pesquisas com a população, levantamento de rotas, pesquisa documental, estudo na empresa de transporte coletivo e composição da comissão de preparação do processo licitatório, que requer a realização da audiência pública. Ele enfatiza a importância da participação popular.

“É importante a participação da população de Marabá, haja vista o momento de mudança que nós estamos passando. Acredito que seja para melhor. O cidadão é o principal fator para pensar e trabalhar em uma prestação de serviço que vise a reestruturação do sistema de transporte coletivo em Marabá, eu acredito que isso é inovador e nossa população precisa de um melhor serviço de transporte”, destacou o secretário.

Entre os itens que constam no termo, a nova empresa de transporte coletivo terá que atender a população com um mínimo de 77 veículos, sendo sete reservas e 70 em operação. Outra exigência é que 25% da frota sejam compostos por veículos novos e os demais com até cinco anos de uso.

Durante a audiência, ainda serão discutidas e divulgadas informações importantes, como os prazos para conclusão de todo o processo de restruturação do serviço.

Terminal de Integração Definitivo

O Terminal de Integração Definitivo do Transporte Coletivo em Marabá, em substituição ao provisório, está na fase de aterramento e terraplanagem. A construção da infraestrutura do Terminal de Integração, que está sendo realizada entre as Folhas 27 e 26, vai custar aos cofres públicos municipais R$ 658.110,48 (seiscentos e cinquenta e oito mil, cento e dez reais e quarenta e oito centavos), o prazo para entrega da obra é de 180 dias.

(Fonte e foto: Secom Marabá)

Publicidade