Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Audiência Pública vai discutir derrocamento do Lourenção na próxima segunda-feira

Evento será realizado no auditório do MPE, em Marabá, com a presença do titular da Setran, Pádua Andrade

O secretário de Estado de Transportes, Pádua Andrade, apresentará, na próxima segunda-feira (11), o projeto das obras de dragagem e derrocamento da via navegável do rio Tocantins – Pedral do Lourenção, durante audiência pública que ocorrerá às 9h, no auditório do Ministério Público do Estado do Pará, em Marabá.

O titular da Setran vai esclarecer à sociedade civil organizada, os benefícios da obra para a economia do Estado e da região para a vida do cidadão. Será a primeira de uma série de audiências que acontecerão antes do início das obras, previstas para julho deste ano. O evento será presidido pela promotora de Justiça do Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo, Josélia Leontina de Barro Lopes.

Segundo Pádua Andrade, a obra do Pedral do Lourenço parece simples, pois consiste basicamente em desgastar os pedrais que impedem a navegação de embarcações cargueiras durante os meses de setembro a novembro, período em que o rio fica mais raso, mas é uma obra de grande envergadura, e que depende de muitos pontos para que, efetivamente, seja executada. “A navegação permanente na hidrovia Tocantins-Araguaia vai acelerar o desenvolvimento regional para a implantação de um novo conceito logístico que integrará a hidrovia aos modais rodoviário e ferroviário, garantindo o escoamento da produção agrícola, pecuária e mineral, dentre outras, dos Estados do Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás e Mato Grosso”, pontua o secretário.

Veja também:  Obras do Pedral do Lourenço já têm cronograma previsto: 1º de setembro de 2019

O titular da Setran destaca que a obra do Pedral do Lourenço ganhou importantes avanços com a atuação de Helder Barbalho, governador do Estado, na época ministro da Integração Nacional. “Ele que participou de diversas reuniões com o Dnit, cobrando celeridade no processo, inclusive as formas de agilizar o licenciamento do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que contou com a participação de representantes do governo e da empresa responsável pelas obras”, ressalta Pádua Andrade.

Comentários ( 2 )

  1. Foi por ser um Ministro presente em todo Pará,que o povo em retribuição ao seu entusiasmo em desenvolver nosso Estado, o fez seu governador, parabéns Hélder!

  2. Eu estou otimista e sei que como há tempo para todas as coisas chegou a nossa vez, parabéns ministro Pádua parabéns ao nosso incansável Governador Hélder,!!!

Deixe uma resposta