Jacundá

Prefeitura de Jacundá e Sintepp fecham acordo sobre reposição de aulas

As sugestões do Sindicato dos Educadores foram acatadas. Nova reunião, esta para tratar especificamente de reivindicações da categoria, foi marcada para a próxima sexta-feira

Reunião realizada na segunda-feira (7), no gabinete do prefeito Ismael Barbosa, com representantes do governo municipal, Conselho Municipal de Educação e coordenação do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Púbica do Pará – Subsede Jacundá) tratou sobre a reposição das aulas não realizadas nos dias da greve, ocorrida em dezembro do ano passado, quando os profissionais do setor educacional cruzaram os braços por quase 20 dias.

O encontro teve como pauta apresentada pela Assessoria Jurídica da prefeitura a reposição. Entretanto, mediante a necessidade de respostas a outras demandas, a coordenação do Sintepp solicitou que fossem abordadas outras questões, como: a forma de pagamento dos salários de dezembro de 2018 e janeiro de 2019; a carga horária do pessoal de apoio; o retorno do desconto sindical em folha; e o retorno do diálogo frente às pautas de reivindicação que culminaram com a greve.

Com a ausência da secretária de Educação, Leila Barbosa, a Assessoria Jurídica sugeriu que a pauta que culminou a greve fosse discutida em outro momento e marcou reunião específica para tratar desse assunto para a próxima sexta-feira, dia 11.

A categoria informou ao governo que nos dias 20 e 21 de dezembro de 2018 os educadores de algumas escolas trabalharam com os alunos atividades avaliativas e de revisão do 4º bimestre. “As demais escolas estarão fechando notas no decorrer desta semana e todas as atividades de conclusão do ano letivo, inclusive as recuperações com os alunos, poderiam ser fechados até 16 de janeiro de 2019”, explica Toni Gomes, do Sintepp.

 “Não pretendo retirar direitos dos educadores, embora saiba que nem sempre será possível atender às reivindicações deles, uma vez que tem que enquadrar a gestão pública de acordo com as exigências das leis”, afirmou Ismael Barbosa.

Participaram ainda da reunião o secretário de Finanças Serginho Corrêa, assessores jurídicos da Prefeitura (advogada Menilly Guerra, advogados Fernando Oliveira e Rodrigo), a vereadora Marta Costa, a presidente do Conselho Municipal de Educação Nilva Alves e a coordenação do Sintepp, representada por Toni Gomes, Vanildo Pereira, Francilene Rocha e Cirlene Cabral.

Deixe seu comentário