Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Polícia está na caça de homem que matou professor do IFPA em Marabá

Ederson Costa foi alvejado com 2 tiros na cabeça depois de dar cavalo de pau na rodovia Transamazônica e discutir com seu algoz

O Departamento de Homicídios da Polícia Civil em Marabá está na caça do homem que matou o professor Ederson Costa dos Santos, depois de uma discussão de trânsito, na Rua Pedro Marinho, em frente o Sesi, em Marabá. O crime ocorreu por volta de 1 hora da madrugada de sábado para domingo, dia 5.

Em entrevista na manhã desta segunda-feira, 6, o delegado de Polícia Civil, Ivan Pinto da Silva, informou que os investigadores da Divisão de Homicídios estão empenhados em elucidar o crime do professor Ederson Costa, e revelou que a polícia já dispõe de um vídeo com imagens da câmera de um consultório em frente ao local onde ocorreram as discussões e o assassinato.

O delegado disse ainda que já foram ouvidas algumas testemunhas, entre elas duas jovens que seriam alunas do professor Ederson Costa no Campus Industrial do Instituto Federal do Pará (IFPA). “As imagens das cenas do crime estão sendo tratadas e temos indícios de que o homicídio tem relação com uma discussão de trânsito. O professor fez uma manobra não permitida (cavalo de pau) próximo à Tertúlia, na Rodovia Transamazônica. O carro que estava atrás acabou se chocando contra o do professor”.

Ainda segundo o delegado, Ederson vinha de um bar, onde estava com amigos e estaria levando duas alunas para casa. Depois de dar o cavalo de pau e chocar-se com o outro veículo, ele não parou para prestar auxílio e preferiu empreender fuga, mas acabou parando seu carro próximo ao Sesi, no bairro Novo Horizonte. Neste local, chegou a discutir por cinco minutos com uma mulher e um rapaz (ambos jovens), mas ainda sem identidade revelada.

Quando a discussão parecia ter cessado, o professor foi alvejado com dois tiros de pistola pelo homem com quem discutiu.  “Vamos chegar à autoria desse homicídio. Temos testemunhas que passaram pelo local durante o episódio, as quais estão sendo intimadas. Estamos aguardando o homicida comparecer à delegacia. Ainda não temos o nome dele, mas possuímos elementos suficientes para chegar até ele, inclusive a placa e modelo do veículo que estava dirigindo”.

Veja também:  Marabaense assassinada a facadas em Minas Gerais

A câmera do consultório, ainda segundo o delegado Ivan Pinto, filmou tudo, inclusive a chegada dos policiais, do SAMU e a retirada do corpo do local do crime.

Luto até quarta-feira

Nesta segunda-feira não houve aula no Campus do IFPA. A direção declarou luto e divulgou uma nota de pesar com o seguinte teor: “É com muita tristeza que o Campus Marabá Industrial informa o falecimento do professor Ederson Costa dos Santos. A instituição enfatiza o empenho e dedicação no excelente trabalho prestado nesses quatro anos como servidor do Instituto Federal do Pará (IFPA).

O professor Ederson nasceu no dia 27 de agosto de 1988 e faleceu na madrugada deste sábado, 4 de agosto de 2018. O Marabá Industrial decretou luto oficial e as atividades do instituto ficam suspensas até a próxima quarta-feira, 8”.

Nas redes sociais, dezenas de pessoas, entre familiares, colegas de trabalho e alunos deixaram mensagens, demonstrando o quanto o professor era querido.

Selma Rodrigues, também servidora do IFPA, postou a seguinte mensagem: “É muito triste e doloroso perder um ente querido, amigo, colega de trabalho. A violência está cada vez mais presente em nosso dia-a-dia. Saímos de casa e não sabemos se voltaremos para o aconchego de nossa família. Meus sentimentos aos familiares e aos servidores do campus Marabá Industrial”.

Ulisses Pompeu – de Marabá

Seja o primeiro a escrever um comentário

Deixe uma resposta