Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Assaltante da sede da Prosegur é preso em São João do Araguaia

Edvaldo já havia ido para o xilindró nos anos de 2005, 2007 e 2010 pelos crimes de furto e roubo

A Polícia Civil prendeu Edvaldo Pereira da Cunha, 43 anos, acusado de participar do assalto rumoroso à sede da Prosegur, em Marabá, em setembro de 2016. A prisão ocorreu na zona rural do município de São João do Araguaia.

Edvaldo foi preso em decorrência de mandado prisão preventiva expedido pela juíza Renata Guerrero Milhomem de Souza, titular da 1ª Vara Criminal de Marabá. Ele só foi encontrado graças a um intenso trabalho investigativo realizado pelos policiais civis da 10ª RISP.

Edvaldo é acusado de ter praticado o crime de roubo, bem como de fazer parte de uma organização criminosa, responsável por ter tomado de assalto a sede da Prosegur. Ele é um dos nove indiciados pela Polícia Civil em Inquérito presidido pelo delegado Tiago Barreto da Rocha Belieny, titular da Delegacia de Repressão de Roubos a Banco e Antissequestro (DRRBA), à época do crime.

Edvaldo tem extensa ficha criminal, tendo sido preso inclusive nos anos de 2005, 2007 e 2010, pelas práticas criminosas de furto e roubo.

Veja também:  Tarde de domingo tensa em Tucuruí com assalto e reféns

No ano de 2007, Edvaldo foi indiciado pela Polícia Civil por fazer parte de uma associação criminosa, que tentou tomar de assalto uma empresa especializada em transporte de valores, quando a viatura se aproximava de uma drogaria em Marabá. Na época, Edivaldo foi preso com outras pessoas reincidentes nessa modalidade criminosa na região.

O preso foi submetido a exame de corpo de delito, transferido para o Sistema Penal e colocado à disposição da justiça da Comarca de Marabá.

Deixe uma resposta