Paysandu vence o Águia na Curuzu e segue líder absoluto do Grupo A2 do Parazão

Os gols do Papão foram assinalados por Nicolas e Marcos Antônio
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O Paysandu Sport Club voltou a campo pelo Campeonato Paraense de 2019. Na noite desta quarta-feira (20), o Papão recebeu o Águia de Marabá pela 5ª rodada, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém. Sem muitas dificuldades, os bicolores venceram pelo placar de 2 a 0, e seguem na liderança do Grupo A2 somando 13 pontos. Já o Azulão marabaense é apenas o quarto colocado com cinco pontos no Grupo A1.

Os gols foram assinalados do Papão foram assinalados por Nicolas, de cabeça, aos 36 minutos do 1° tempo, e Marcos Antônio, aos 26 minutos do 2° tempo. Com o triunfo, o Paysandu segue como o único time invicto no Campeonato Paraense.

O jogo: Papão 2 x 0 Azulão – Paysandu líder e único invicto!

O Águia chegou primeiro. Caio Ribeiro cruzou da esquerda, a bola tocou na zaga do Paysandu e quase enganou o goleiro Mota, que teve que colocar de tapinha para escanteio. Novamente o Azulão chegou com o meia Pelé, que disparou um chute perigoso e a bola bateu na rede pelo lado de fora. O Papão deu a resposta com Alan Carbergue, que recebeu bom passe e disparou cruzado, o goleiro Bruno Colaço desviou para escanteio. A Fiel Bicolor ficou no “uh”.

O lance animou o Paysandu. Em uma bola na área do Águia, Nicolas ajeitou de cabeça para Paulo Rangel, que conseguiu dominar, mas na hora do chute acabou atrapalhado pela defesa. O time marabaense não se intimou com o Papão e também chegava com perigo. Ângelo fez uma linda jogada pela esquerda, deu um chapéu no lateral-direito Bruno Oliveira e tocou de calcanhar para Ramon, que cruzou e a zaga despachou o perigo.

Em uma bola parada do Papão, Marcos Antônio cobrou falta da direita, Caíque Oliveira subiu de cabeça e mandou longe da meta aguiana. No lance seguinte, o Paysandu abriu o placar. Vinícius Leite recebeu bom passe pela direita e cruzou na medida para Nicolas, que cabeceou no contrapé do goleiro Bruno Colaço, aos 36 minutos, 1 a 0 Papão. Na saída de bola, o time marabaense tentou o empate no chute de Ramon, a redonda passou tirando a tinta da trave bicolor.

Guerreiro em campo, o Águia quase empatou quando Ricardo Maranhão recebeu na área e chutou cruzado, a bola passou na boca do gol e assustou a torcida e o goleiro Mota. No 2° tempo, o time marabaense teve uma boa chance em cobrança de falta quase que frontal, mas Igor cobrou muito forte e a bola passou por cima da meta de Mota. Outra vez o Azulão chegou ao ataque com Ângelo, que errou feio na hora de fazer o cruzamento.

No lance seguinte, Júnior Rato invadiu pelo lado esquerdo e disparou um chute perigoso, a bola bateu na rede pelo lado de fora. O atacante Vinícius Leite tentou marcar de longe e errou o alvo. No lance seguinte, Ramon perdeu a bola para Marcos Antônio, que entrou de cara com o goleiro Bruno Colaço, e tocou no canto, aos 26 minutos, 2 a 0, para a explosão da Fiel Bicolor.

O Papão quase ampliou com Willyam, mas o volante bicolor mandou por cima da meta do Azulão. Em um escanteio para o Águia, Mota afastou de soco e a bola sobrou para Guga, que meteu de cabeça e outra vez o goleiro Mota fez a defesa. Na última chance da partida, o Nicolas disparou, a bola explodiu na zaga e na sobra o mesmo Nicolas mandou um balaço, a redonda passou assustando a meta de Bruno Colaço. Placar final: Paysandu 2 x 0 Águia.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Mota; Bruno Oliveira, Micael, Victor Oliveira e Bruno Collaço; Caíque Oliveira, Alan Calberque (Willyam), Marcos Antônio; Vinícius Leite (Thiago Primão), Paulo Rangel (Paulo Henrique) e Nicolas. Técnico: João Brigatti

ÁGUIA: Bruno Colaço; Igor, Paulo Ramon, Guilherme Almeida e Caio Ribeiro; Tetê, Pelé, Ângelo e Ramon (Andrey Coutinho); Ricardo Maranhão (Guga) e Júnior Rato. Técnico: João Galvão

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso

Assistentes: Ricardo Guimarães Coimbra e Ederson Brito de Albuquerque

Quarto árbitro: Danilo Lopes Viana

Cartão amarelo: Thiago Primão (Paysandu)

Gols: Nicolas, de cabeça, aos 36 minutos do 1° tempo e Marcos Antônio, aos 26 minutos do 2° tempo para o Paysandu

Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém

Renda: R$ 94.010,00

Pagantes: 4.254

Sócio Bicolor: 1.777

Credenciados: 1.640

Total: 7.671

Classificação do Parazão 2019

Grupo A1

1° Remo: 9 pontos

2° Bragantino: 6 pontos

3° Castanhal: 5 pontos

4° Águia: 5 pontos

5° São Francisco: 4 pontos

Grupo A2

1° Paysandu: 13 pontos

2° Independente: 10 pontos

3° Paragominas: 9 pontos

4° Tapajós: 5 pontos

5° São Raimundo: 1 ponto

Por Fábio Relvas /Foto: Jorge Luiz – Paysandu
Publicidade

Relacionados