Esportes

Paysandu vence o Ypiranga-RS, em Erechim, na estreia do Campeonato Brasileiro da Série C

Por Fábio Relvas

O Paysandu Sport Club fez sua estreia no Campeonato Brasileiro da Série C, na tarde e noite deste sábado (27). O time bicolor foi até o Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, no Rio Grande do Sul, e bateu o Ypiranga-RS por 1 a 0, somando os seus três primeiros pontos dentro do Grupo B da concorrida terceira divisão do futebol nacional. A partida foi debaixo de muita chuva.

O gol que garantiu a vitória dos paraenses foi assinalado pelo atacante Vinícius Leite, aos 17 minutos do segundo tempo, quando o jogador do Papão acertou um chutaço de fora da área, sem chances para o goleiro Carlão, do Canarinho gaúcho.

Com o triunfo, o Paysandu foi aos três pontos e no momento é o segundo colocado. O Papão volta a campo pela segunda rodada somente na segunda-feira (6), diante do Tombense-MG, às 20h, no Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém.

O jogo: Canarinho 0 x 1 Papão – O Lobo começou com o pé direito em Erechim!

A bola rolou debaixo de muita chuva no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, no Rio Grande do Sul. O Paysandu começou o jogo bem melhor que o adversário e foi logo assustando. O atacante Vinícius Leite fez boa jogada pela direita e cruzou, a zaga do Ypiranga fez o corte providencial, já que Nicolas havia se atirado de carrinho para marcar o gol. Mais uma vez, o Papão chegou: após boa troca de passes, Jhony Douglas cruzou e Nicolas subiu de cabeça; a bola passou tirando a tinta da trave do goleiro Carlão.

Bem à vontade em campo, o time bicolor parecia que estava atuando dentro de casa. Vinícius Leite tabelou bem com Thiago Primão e cruzou para o atacante Paulo Henrique, que bateu de primeira, mas a bola foi em cima do goleiro Carlão. O Canarinho teve uma chance em cobrança de falta: o lateral-direito Wesley tentou cruzar e mandou diretamente para fora.

Depois de troca de passes do time alviceleste, Jhony Douglas tentou surpreender e chutou de fora da área, mas a bola passou por cima da meta do goleiro Carlão. Em um lance no ataque do Papão, Nicolas foi derrubado e o árbitro marcou uma falta quase que frontal para o time paraense. Jhony Douglas cobrou rasteiro, a bola explodiu na barreira e sobrou para Vinícius Leite, que disparou muito alto. Outra chance perdida do Paysandu na partida.

No segundo tempo, o Papão seguiu com o melhor futebol e tentando marcar seu gol. Em uma bola alçada na área, Nicolas cabeceou e mandou para fora, quase o primeiro tento bicolor. Só dava Paysandu: em outra tentativa, agora em cobrança de falta de Bruno Collaço, a bola foi levantada e Nicolas subiu de cabeça novamente, mas o goleiro Carlão defendeu com as pontas dos dedos e mandou para escanteio.

O Ypiranga teve uma falta perigosa cobrada por Nuno, mas o goleiro Mota defendeu e a bola sobrou para Pedro Pires, que se atirou dentro da área e pediu pênalti. O árbitro Luiz Paulo de Moura Pinheiro, do Mato Grosso, não foi na conversa e ainda mostrou o cartão amarelo para o atleta do Canarinho, por simulação. O time da casa teve uma boa oportunidade em cobrança de falta, mas Pedro Pires cobrou em cima de um único jogador do Paysandu na barreira.

Quem marcou mesmo foi o time bicolor: Vinícius Leite carregou bem pelo meio e soltou a bomba de fora da área, o goleiro Carlão foi e não achou nada; aos 17 minutos, 1 a 0 Papão, em Erechim. O gol levou o time gaúcho ao desespero em busca de pelo menos um empate. Quirino fez jogada individual e cruzou, mas, atento, o goleiro Mota defendeu para o time de Belém. Depois de ficar tocando a bola pelo meio, o Ypiranga arriscou com Lima, que resolveu chutar do meio da rua e parou na defesa de Mota.

O Paysandu tentou matar o jogo com Willyam, que chegou na boa para cruzar, mas mandou torto para fora. O Canarinho tentou o empate nos minutos finais. O atacante João Vítor, que havia acabado de entrar, recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e disparou para fora. No lance seguinte, Reinaldo escapou bem pela direita e cruzou para o mesmo João Vítor, que desviou de cabeça para fora, sem levar muito perigo contra a meta bicolor.

No último lance de perigo da partida, o atacante Paulo Rangel, do Papão, tentou pegar o goleiro Carlão de surpresa e chutou por cobertura, mas a bola foi para fora. Placar final: Ypiranga-RS 0 x 1 Paysandu. O Papão estreou com pé direito no Campeonato Brasileiro da Série C e somou os três primeiros pontos na competição nacional.

FICHA TÉCNICA

YPIRANGA-RS: Carlão; Wesley (Reinaldo), Renato, Marcão e Fidélis; Wagner, Fábio, Pedro Pires e Flávio Paulino (João Vítor); Quirino e Nuno (Lima).
Técnico: Fabiano Daitx

PAYSANDU: Mota; Fábio Alemão, Micael, Victor Oliveira e Bruno Collaço; Jhony Douglas, Willyam e Thiago Primão (Marcos Antônio); Vinícius Leite, Nicolas (Wellington Reis) e Paulo Henrique (Paulo Rangel).
Técnico: Léo Condé

Árbitro: Luiz Paulo de Moura Pinheiro (MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Renan Antônio Angelim Rodrigues (MT)

Cartões amarelos: Pedro Pires e Wagner (Ypiranga); Jhony Douglas, Thiago Primão e Nicolas (Paysandu)
Gol: Vinícius Leite, aos 17 minutos do 2° tempo para o Paysandu

Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, no Rio Grande do Sul

Deixe seu comentário