Paysandu é goleado pelo Ituano na Curuzu e fica com remotas chances de acesso à Série B

O Papão voltou a perder para o time paulista, o que resultou na invasão da torcida no gramado de jogo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Torcida do Paysandu invadiu o gramado e partiu para cima dos jogadores (Foto: Fernando Torres)

Continua depois da publicidade

O Paysandu Sport Club se complicou de vez na briga pelo acesso de volta para a Série B do Campeonato Brasileiro. Atuando na tarde deste sábado (23), o Papão foi goleado pelo Ituano (SP), por 4 a 1, dentro do Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém, e segue amargando a lanterna do Grupo C do quadrangular de acesso do Campeonato Brasileiro da Série C, com apenas dois pontos em 12 jogos disputados. A partida foi válida pela quarta rodada.

O Ituano marcou o primeiro com Léo Duarte, aos nove minutos do primeiro tempo. Na etapa final, o Galo de São Paulo voltou com tudo e marcou mais duas vezes – João Victor, aos oito, e Tiago Marques, aos 11 minutos. Foi o suficiente para a torcida bicolor invadir o gramado e partir para cima dos jogadores do Papão. Os atletas tiveram que descer para os vestiários e a Polícia Militar contornou a situação.

Após 34 minutos parado, o jogo reiniciou e o Paysandu diminuiu com Thiago Santos, aos 50 minutos, aos 52, até chegou a marcar com Marlon, mas o lance teve a revisão do VAR e a arbitragem desmarcou o gol. O Ituano chegou à goleada com João Victor, aos 82 minutos.

O Paysandu volta a campo diante do Botafogo (PB), no próximo domingo (31), às 18h, no Estádio José Américo de Almeida Filho, o Almeidão, em João Pessoa. A partida será válida pela quinta rodada do quadrangular do acesso do Campeonato Brasileiro da Série C. 

O jogo: Papão é goleado e Fiel Bicolor invade o gramado de jogo!

Com uma saída de bola errada do Paysandu, o Ituano foi para o ataque e depois da troca de passes, a redonda chegou em Léo Duarte com tranquilidade para abrir o placar, aos nove minutos, 1 a 0 Galo. O Papão tentou e, após bate e rebate dentro da área, Rildo chutou – a bola explodiu na defesa paulistana. Outra vez o time bicolor tentou, quando Marlon pegou uma sobra de bola e tocou para Paulinho, que chutou de primeira e mandou para fora.

No segundo tempo, o Paysandu chegou primeiro na tentativa de Paulinho, que experimentou de fora da área, mandando perto da trave da meta do goleiro Pegorari. O Papão jogou bola na área, Perema subiu de cabeça, mas mandou pela linha de fundo. Depois daí, o Ituano deitou: após um contra-ataque fulminante, João Victor driblou o goleiro Victor Souza e marcou o segundo do Galo, aos oito minutos, 2 a 0 Ituano.

Ituano goleou o Paysandu na Curuzu (Foto: Talita Gouveia)

Não deu nem para o Paysandu respirar. João Victor passou da marcação e tocou para Tiago Marques mandar para o fundo do gol bicolor, aos 11 minutos, 3 a 0 Ituano. Os torcedores do Papão não aguentaram o vexame e integrantes de uma torcida organizada entraram em campo, partindo para cima dos jogadores bicolores. A Polícia Militar teve que tomar providências e contornou a situação, mandando os torcedores de volta para as arquibancadas da Curuzu. 

A partida foi paralisada e os jogadores desceram para os vestiários. Alguns torcedores do Papão deixaram a Curuzu, inconformados com a situação do time bicolor. A partida foi reiniciada depois de 34 minutos de paralisação e o Paysandu diminuiu. Marlon fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro, Thiago Santos dividiu com o zagueiro e a bola entrou, aos 50 minutos – era o primeiro gol bicolor na partida.

O time paraense cresceu no jogo. Leandro Silva recebeu passe na direita e tentou uma bicicleta; a bola sobrou para Marlon, que mandou para o fundo do gol. O gol bicolor teve a revisão do VAR, sendo anulado devido ao impedimento na origem da jogada. O Ituano quase chegou ao terceiro com Fernandinho, que tentou do meio de campo e obrigou o goleiro Victor Souza a fazer uma grande defesa. 

Para sacramentar a vitória do time paulista, em um contra-ataque, João Victor recebeu sozinho e chutou para marcar o quarto gol do Galo na Curuzu, aos 82 minutos do segundo tempo. Placar final: Paysandu 1 x 4 Ituano.  

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Victor Souza; Ratinho (Leandro Silva), Perema, Denilson e Diego Matos; Paulo Roberto (Tcharlles), Paulinho e José Aldo (Ruy); Marlon, Rildo (Luan Santos) e Rafael Grampola. Auxiliar Técnico: Wilton Bezerra

ITUANO: Pegorari; Pacheco, Mateus Silva, Matheus Mancini e Mário Sérgio; Bruno Lima (Bernardo), Léo Duarte (João Victor), Igor Henrique e Gérson Magrão; Tiago Marques (Fernandinho) e Iago Teles (Rhuan). Técnico: Mazola Júnior 

  • Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
  • Árbitro Assistente 1: Cristhian Passos Sorence (GO)
  • Árbitro Assistente 2: Tiago Gomes da Silva (GO)
  • Quarto Árbitro: Breno Vieira Souza (GO)
  • Cartões amarelos: Perema, Leandro Silva e Denilson (Paysandu); Bruno Lima, Pegorari e João Victor (Ituano)
  • Gols: Léo Duarte, aos nove minutos do primeiro tempo; João Victor, aos oito minutos, e Tiago Marques, aos 11 minutos do segundo tempo para o Ituano; Thiago Santos, aos 50 minutos do segundo tempo para o Paysandu; e João Victor, aos 82 minutos do segundo tempo para o Ituano
  • Local: Estádio Leônidas Castro, a Curuzu, em Belém 

Por Fábio Relvas