Canaã: Baixa cobertura vacinal contra Covid-19 e nova variante acendem alerta

Secretaria Municipal da Saúde estendeu o horário de vacinação nas UBS's, mas não divulgou plano de ação para aumentar adesão da população.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Moradores de Canaã dos Carajás parecem ter esquecido que 125 pessoas morreram vítimas da Covid-19 e mais de 9 mil foram infectadas. Dados divulgados pela Secretaria Municipal da Saúde apontam baixa procura pela 2ª dose dos imunizantes. Somente 26% das pessoas que tomaram a 1ª dose voltaram para completar o ciclo de imunização.

Segundo a prefeitura, 46.120 moradores de Canaã receberam as primeiras doses, mas até o dia 23 de outubro, somente 11.820 voltaram às Unidades Básicas de Saúde para receber a 2ª dose, isso significa que 74% dos moradores não estão protegidos contra a Covid-19.

Variante

A situação em Canaã preocupa, principalmente, depois que a Secretaria Estadual de Saúde confirmou que um paciente de Canaã apresentou a variante Gama, considerada pelos especialistas mais agressiva, porque é mais contagiosa e letal.

No Brasil, faltando dois meses para o final do ano, o número de mortes registradas em 2021 já é maior que em todos os 12 meses de 2020. O médico sanitarista Gonzalo Vecina Neto, fundador e ex-presidente da Anvisa, avalia os dados. “A variante gama foi muito letal. Teve participação terrível na mortalidade deste ano. Morreu muita gente devido à variante gama”, relatou o médico.

Embora o Boletim Epidemiológico de Canaã tenha apontado neste mês, uma redução de casos de pessoas infectadas, ainda há no município pacientes internados com a Covid-19. No boletim desta quarta-feira, três pessoas foram notificadas com a Covid, e 4 pacientes seguem internados no Hospital Municipal. A última morte registrada foi no mês passado.

Contudo, especialistas são categóricos em afirmar que o risco de mortes só diminuirá quando toda a população estiver vacinada. E ainda há casos que mesmo com as duas vacinas, idosos vieram a óbito. Por isso, o Ministério da Saúde recomendou a aplicação da dose de reforço.

Qual o plano?

A Secretaria Municipal de Saúde apenas estendeu os horários de vacinação nas UBS’s, onde estão disponíveis os imunizantes da Pfizer, Coronavac e AstraZeneca. O município ainda não anunciou que medidas deverão ser tomadas para aumentar a adesão da população. Especialmente nesse momento em que o município tem programações presenciais e até realização de show que provocou aglomerações, onde boa parte do público estava sem máscara.  Depois de tantas mortes, que lição deveríamos aprender?

Nós solicitamos uma nota da Prefeitura de Canaã sobre as medidas que serão tomadas para aumentar a cobertura vacinal no município, mas até o fechamento desta edição, o Blog Zé Dudu não teve resposta.

Por Dayse Gomes