Notícias

Passado o plebiscito no Pará, IPEA publica estudo atualizado sobre a criação de Carajás e Tapajós

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) avaliou os efeitos da criação dos estados de Carajás e Tapajós, a partir do estado do Pará. Os impactos da divisão do estado …

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) avaliou os efeitos da criação dos estados de Carajás e Tapajós, a partir do estado do Pará. Os impactos da divisão do estado em três unidades federativas foram analisados sobre a perspectiva socioeconômica, política e de finanças publicas. Os resultados dessa avaliação estão reunidos no Comunicado do Ipea n° 125 – Divisões Estaduais: Aspectos Relevantes de Pesquisa e a Experiência do Plebiscito no Pará.

O estudo será divulgado nesta terça-feira, dia 20, às 14h30, no auditório da sede do Ipea, em Brasília. A coletiva pública terá transmissão ao vivo pelo portal do Instituto (www.ipea.gov.br). Apresentarão o Comunicado o diretor de Estudos e Políticas Regionais, Urbanas e Ambientais (Dirur), Francisco de Assis Costa, e os técnicos de Planejamento e Pesquisa Rogério Boueri e Paulo de Tarso.

Nos aspectos socioeconômicos analisados com a divisão do Pará, é feita uma simulação da população, área, densidade demográfica e o PIB de cada novo estado. Sob a análise política, o estudo traz elementos que podem estar impulsionando o movimento separatista, aponta possíveis tensões dentro dos interesses dos atores presentes, bem como identifica consequências de uma possível divisão do Estado do Pará no que se refere à representação das novas unidades.

Com base nos dados do Censo de 2010, foi realizada uma estimativa do número de deputados federais após a criação dos Estados de Carajás e Tapajós. O Comunicado também apresenta o montante de gastos anuais necessários para a condução das máquinas estaduais destes governos a serem criados e a viabilidade econômica dos novos estados, apontando estimativas da receita, despesa e déficit. Ao final, o estudo enumera outros aspectos possíveis de análise que complementem as avaliações realizadas.

Um comentário em “Passado o plebiscito no Pará, IPEA publica estudo atualizado sobre a criação de Carajás e Tapajós

  1. Mozarildo Quintanilha Responder

    Me dei ao trabalho de acessar o link e ler o estudo do IPEA e só então entendi porque nenhum separatista postou qualquer comentário aqui. O estudo apenas confirmou o que todos nós já sabíamos: a divisão seria ruim para todos.
    Este trecho aqui resume tudo:

    “Contabilizando as receitas e despesas pode-se observar o déficit que surgiria, não apenas nos dois estados, mas também no remanescente do Pará que não conseguiria cortar despesas na mesma proporção nem na mesma velocidade com que perderia as suas receitas.

    Quadro 6
    Estimativa Resultado Fiscal para os Estados Propostos 2010
    _————————————————————————
    Estados Receita Despesa Déficit/Superávit
    Carajás 2.774 4.078 -1.934
    Pará 7.579 8.298 -719
    Tapajós 1.880 2.900 -3.673

Deixe seu comentário