Parauapebas: vereador Bruno Soares quer prestação de contas do Executivo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Durante a Sessão Ordinária desta terça-feira, 10, na Câmara Municipal de Parauapebas, os vereadores imageapreciaram e aprovaram dois requerimentos e uma indicação. Entre as propostas para melhorar a qualidade de vida da população parauapebense estava a implantação de drenagem na Rua Augusto Meire no bairro Caetanópolis. O pedido foi feito pelo vereador Devanir Martins (SDD) através do requerimento n° 127/2013. Segundo o parlamentar a rua já está encascalhada, carecendo apenas da realização da obra de drenagem para que seja feita a ligação entre as ruas VS10 e Bom Jardim. “Com esta obra os moradores terão condições de trafegabilidade, já que atualmente precisam percorrer uma distância bem maior para chegarem as suas residências”, explicou Devanir. O pedido do vereador será encaminhado ao Poder Executivo e à Secretaria Municipal de Obras (SEMOB).

Vereador-Bruno-Soares_thumbPrestação de Contas
Na ocasião também foi aprovado o requerimento n° 128/2013 de autoria do vereador Bruno Soares (PP), que solicitava ao Poder Executivo os detalhes financeiros dos recursos destinados ao programa municipal de ‘Manutenção de Convênios com Associações e Cooperativas Agrícolas’. De acordo com o vereador as contas publicadas no Portal da Transparência do Executivo chamam a atenção pelo valor expressivo dos desempenhos desembolsados pela Secretaria de Produção Rural (SEMPROR).

“Haviam valores acima de 5 milhões destinados a manutenção do programa, como não há detalhamento da aplicação desses valores é de responsabilidade nossa, como representantes de Parauapebas, saber a descriminação dos serviços com seus respectivos preços”, ressaltou Bruno Soares.

Estacionamento
Os vereadores Antônio Chaves de Sousa, o Major da Mactra (PSDB), e José Francisco Amaral Pavão (SDD) pediram ao Executivo a construção de um estacionamento em frente à nova agência da Caixa Econômica Federal. “No espaço a área que não está obsoleta vem sendo ocupada para estacionar máquinas particulares. Um estacionamento será de grande ajuda para organizar trânsito no local, que é intenso”, afirmou os parlamentares.