Parauapebas vence o Cametá e assume liderança do Grupo E da Segundinha do Parazão

O Gigante de Aço derrotou o Mapará no Rosenão, chegando aos seis pontos, em dois jogos
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
(Foto: Lenno Costa)

Continua depois da publicidade

O Parauapebas Futebol Clube segue sua caminhada rumo à elite do Parazão 2022. Atuando na noite desta quarta-feira (20), o Gigante de Aço venceu o Cametá por 2 a 0, no Estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, assumindo a liderança isolada do Grupo E da Segundinha do Parazão, com seis pontos em dois jogos – 100% de aproveitamento dentro do estadual.

O jogo: Parauapebas é líder! 

As duas equipes mostraram muito equilíbrio no início do jogo, com o Parauapebas se soltando mais para o campo de ataque. Após uma cobrança de escanteio, a zaga do Cametá cortou e Aleff emendou um chutaço, mas a bola passou por cima da meta do goleiro Dida. Em mais uma bola parada, depois de uma falta cobrada na área, o zagueiro Hugo chegou finalizando por cima da trave adversária, perdendo outro gol para o PFC. 

No segundo tempo, o atacante Túlio foi lançado e chutou cruzado – o goleiro Dida salvou com os pés o que seria o primeiro gol do Gigante de Aço. Após uma saída de bola errada do Cametá, o PFC armou um rápido contra-ataque, e dessa vez o garoto Túlio não perdoou: ele chutou, tirando do alcance do goleiro Dida, aos 24 minutos, 1 a 0 Parauapebas debaixo de muita chuva no Rosenão.

O Cametá teve a chance do empate na reta final, quando em um bate e rebate, a bola sobrou para o jogador cametaense, que chutou quase na marca do pênalti e parou na defesa do goleiro Dejair, salvando o PFC. Logo após houve um tumulto entre os jogadores das equipes, mas foi contornado em seguida. Minutos depois, Marcelo recebeu passe açucarado e só fez mandar para o barbante para sacramentar a vitória, aos 52 minutos. Placa final: Parauapebas 2 x 0 Cametá.

“Ganhar nessas circunstâncias foi duríssimo. O Cametá é o único campeão estadual que está disputando e na nossa chave; o grupo está dificílimo. Estamos com seis pontos, mas a jornada é longa. O elenco vem fazendo a diferença, a gente mexe e quem entra dá conta. O Marcelo falou que iria entrar e marcar o gol. Estamos tratando todo mundo igual, e agora é recuperar os guerreiros para o jogo contra o Santos de Moju,” disse Luís Carlos Cruz, técnico do Parauapebas Futebol Clube. 

Na outra partida do Grupo E, realizada na tarde nesta quarta-feira, o Atlético Paraense, também da cidade de Parauapebas, ficou no empate em 1 a 1 diante do Santos Athletico, no Estádio Municipal João Cardoso, o Janjão, em Moju. Com isso, o Parauapebas lidera a chave com seis pontos, tendo o Cametá em segundo com três pontos. Atlético e Santos seguram a lanterna, com apenas um ponto cada.

Por Fábio Relvas