Parauapebas registra assassinato no domingo e tentativa de homicídio na terça

Nem o isolamento social imposto pelo temor da propagação do Coronavírus detém a bandidagem na Capital do Minério
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Izaque Santos (vítima)

Continua depois da publicidade

O Departamento de Homicídios, da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, em Parauapebas, busca informações que possam levar à identificação da dupla que matou o jovem Izaque Santos Roldão, de 19 anos de idade, na madrugada de domingo (22), a tiros e facadas.

Era por volta das 22h30 quando a equipe de investigadores de Polícia Civil, de plantão, foi informada de que Izaque Roldão havia dado entrada no Hospital Municipal com ferimentos feitos a bala e a faca.

O rapaz foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e conduzido à casa de saúde pública em estado grave. Izaque ainda chegou a ser encaminhado para o centro cirúrgico, porém, horas mais tarde, não resistiu e morreu.

Outro caso

Ontem, terça-feira (24), por volta das 15h, o Grupo Tático Operacional (GTO) do 23º Batalhão de Polícia Militar foi informado de que um jovem havia dado entrada no Hospital Municipal de Parauapebas, com ferimentos produzidos por arma de fogo.

Na casa de saúde, o rapaz foi identificado como Fábio Alves de Lima, baleado em uma das mãos e à altura do estômago. A guarnição policial se dirigiu ao endereço em que ocorreu o baleamento, na Rua Matusalém, Bairro Betânia. No local, populares entregaram aos policiais dois estojos dos projéteis disparados. A polícia investiga a informação de que os tiros teriam sido efetuados por um indivíduo conhecido como Carlinhos Perna Longa e um comparsa dele, não identificado.

Ainda no local onde ocorreu o atentado contra Fábio Lima, outro jovem teria sido vítima de tentativa de homicídio, segundo informações repassadas aos policiais militares, o que leva à suspeita de que o rapaz hospitalizado tenha sido atingido por engano.

(Caetano Silva)

Publicidade