Parauapebas: Município inicia vacinação contra Covid-19 de pessoas com deficiência intelectual e física grave

A imunização será realizada neste sábado (29) e domingo (30), na Unidade Básica de Saúde do Bairro dos Minérios. Também serão vacinadas gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidade, que perderam a primeira chamada para fazer a imunização
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Neste fim de semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas (Semsa) realizará a vacinação contra a Covid-19 de pessoas com deficiência intelectual e física grave na faixa etária de 18 a 59 anos. A imunização também será realizada em gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades, que perderam a primeira chamada para tomar a vacina.

Serão imunizados portadores de deficiência intelectual e/ou mental (autismo, paralisia cerebral ou outras síndromes que desencadeiam a deficiência), que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc. Assim como as pessoas com deficiência física grave, que tenham limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas.

A imunização acontecerá na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro dos Minérios, localizado na Rua 19, próximo à praça, nos dias 29 e 30 (sábado e domingo) de 8h às 17h. Para esse grupo, não será necessário realizar o agendamento prévio.

Segundo a Semsa, o usuário deve comparecer à UBS munido dos seguintes documentos: RG, cartão nacional do SUS, documento ou laudo que comprove a deficiência e comprovante de residência. A secretaria reforça, ainda, que as pessoas que fazem parte do grupo anterior, que são as pessoas com Síndrome de Down, deficientes auditivos e visuais, que ainda não realizaram a imunização, que compareçam à UBS do Bairro dos Minérios na mesma data, para tomar a vacina.

Já as mulheres maiores de 18 anos gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidade, que ainda não realizaram a imunização, devem comparecer à UBS do Bairro Guanabara, no sábado (29). A Semsa ressalta que essa é a última chamada para as pessoas maiores de 18 anos com Síndrome de Down, deficientes auditivos, assim como gestantes e puérperas com comorbidade.

Tina DeBord

Publicidade