Parauapebas e Canaã pegam em setembro as maiores boladas de royalties do ano

Governo de Parauapebas terá recebido até meio do mês dinheiro suficiente para sustentar, só com Cfem, Castanhal ou Araguaína por um ano inteiro; Canaã tem força para carregar Tucuruí.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Não tem jeito: as prefeituras de Parauapebas e Canaã dos Carajás estão cada vez mais ricas, e a pandemia de coronavírus não foi suficiente para atrapalhar o curso natural desse enriquecimento que se faz na esteira da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem). Nesta terça-feira (1º), o Blog do Zé Dudu fez o cálculo inédito das cotas de Cfem que as administrações paraenses vão receber ao longo deste mês de setembro e observou que os valores pagos às 51 prefeituras que fazem jus totalizam R$ 138,14 milhões.

A Prefeitura de Parauapebas, sozinha, vai abocanhar R$ 66,81 milhões nos próximos dias, o maior valor desde novembro do ano passado. No acumulado deste ano, o governo do terceiro município mais rico do Região Norte completará R$ 413,08 milhões em royalties de mineração decorrentes de produção mensal. Só com essa fonte de receita, Parauapebas já tem um Castanhal inteiro arrecadado de janeiro a setembro de 2020.

Já a administração de Canaã dos Carajás vai receber R$ 53,58 milhões, a maior quantia desde outubro de 2019. No acumulado deste ano, até o dia em que receber a cota de setembro, o governo da “Terra Prometida” terá embolsado R$ 318,37 milhões em Cfem, quantia suficiente para sustentar todas as contas do município de Tucuruí.

Por seu turno, a Prefeitura de Marabá vai faturar R$ 7,17 milhões este mês, o que totalizará R$ 90,27 milhões acumulados em 2020. Vale lembrar que Marabá recebe também uma segunda parcela de royalties em razão de ser considerado “município diretamente impactado” pela atividade mineradora na vizinhança, particularmente pelo corte que recebe em seu território feito pela Estrada de Ferro Carajás (EFC) sobre cujos trilhos são carregados milhões de toneladas de minério de ferro.

Confira quanto vão receber até a metade deste mês as 15 prefeituras que mais irão faturar Cfem em setembro, conforme cálculo elaborado com exclusividade pelo Blog do Zé Dudu!

  • 1º – Parauapebas: R$ 66.808.015,52
  • 2º – Canaã dos Carajás: R$ 53.580.648,77
  • 3º – Marabá: R$ 7.168.330,61
  • 4º – Paragominas: R$ 2.454.521,65
  • 5º – Itaituba: R$ 2.183.343,85
  • 6º – Juruti: R$ 1.823.565,29
  • 7º – Oriximiná: R$ 1.711.876,91
  • 8º – Curionópolis: R$ 429.179,20
  • 9º – Terra Santa: R$ 425.816,59
  • 10º – Ipixuna do Pará: R$ 421.167,07
  • 11º – Floresta do Araguaia: R$ 161.520,53
  • 12º – Tucumã: R$ 118.636,31
  • 13º – São Félix do Xingu: R$ 76.288,52
  • 14º – Primavera: R$ 55.600,75
  • 15º – Novo Progresso: R$ 43.172,04