Operação Krenak cumpre 28 mandados judiciais em Cametá

A operação teve como objetivo o combate ao tráfico de drogas e associação para o tráfico
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Delegacia de Polícia Civil de Cametá, região nordeste paraense, com apoio do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) deflagrou na manhã desta quarta-feira, 27, a operação “KrenaK” com o objetivo de cumprir 28 mandados de busca e apreensão em diversos endereços da cidade. Duas pessoas foram presas em flagrante.

Balanço preliminar divulgado pela PC aponta que 23 mandados foram cumpridos na sede do município e 5 mandados foram cumpridos na Vila do Carmo. Como resultado, duas pessoas presas, um adolescente apreendido, e apreendidos 34 porções individualizadas de oxi; dois pedaços de maconha; três pedras de oxi; 23 porções individualizadas de maconha; seis munições calibre .38, e mais RS 450,00 em dinheiro.

Benedito Wellington Carvalho e Alfaia e Sueli Caldas Henriques foram presos em flagrante. Na residência do casal, os policiais encontraram os produtos ilícitos. Todos foram conduzidos à delegacia de Cametá, e estão à disposição do Poder Judiciário.

A operação teve como objetivo o combate ao tráfico de drogas e associação para o tráfico. E é resultado de uma investigação conduzida pela Polícia Civil local com participação do NIP. Participaram da operação policiais civis vinculados às Superintendências de Abaetetuba, Marabá, Paragominas, Tucuruí, NIP, NAIs Abaetetuba e Castanhal.

(Antônio Barroso)

Publicidade