Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

Mutirão de limpeza retira toneladas de lixo das vias de Jacundá

Ações de conscientização da população sobre destinação dos resíduos sólidos e adesivagem de veículos marcaram o lançamento do projeto

Responsável por elaborar programas e campanhas que visem à melhoria da qualidade de vida, bem como ações voltadas à proteção, conservação e recuperação da fauna, flora e recursos naturais, a Secretaria de Meio Ambiente e Turismo (Sematur) de Jacundá colocou em ação o projeto “Limpa Jacundá”, com a finalidade de coletar lixo de locais públicos e orientar a população sobre a maneira correta de descarte de resíduos sólidos domiciliar e comercial. Os moradores também receberam uma muda de planta ao entregar lixo reciclável para a equipe.

O primeiro desafio foi a retirada de todo o lixo dos arredores do aeroporto da cidade na última semana. Os organizadores explicam que o objetivo da ação é articular os responsáveis pelo descarte e coleta de lixo da região para que possam participar da transformação da cidade com pequenas mudanças de hábitos.

A secretária Necy Guedes, da Sematur, explica que a inciativa aconteceu através de um mutirão de limpeza, inicialmente realizado na Avenida Cristo Rei, e depois na área do Aeroporto e próximo à ponte sobre o Rio Arraias. “Nesse projeto trabalhamos com a sensibilização da população e juntamente com pequenas ações nos hábitos do dia a dia que podemos fazer a diferença na preservação e conservação do meio ambiente em que vivemos. Cada morador que fez a entrega de materiais descartados e recicláveis recebeu uma muda de planta”, ressalta.

Veja também:  Na Semana da Árvore, escola de Jacundá derruba oito, até um Pau Brasil

O motorista Francisco Pereira elogiou a ideia e reconheceu que o projeto precisa da colaboração de toda a população para que a cidade limpa permaneça mais limpa. Além das orientações, houve ações de adesivagem de motos e carros na Avenida Cristo Rei.

A Sematur não divulgou a quantidade de lixo coletado durante a campanha, mas foram várias toneladas de resíduos sólidos. O projeto terá continuidade neste segundo semestre, com ações em vários pontos da cidade. “É importante que a população colabore colocando os sacos de lixo no máximo duas horas antes do caminhão coletor passar, evitando que eles sejam rasgados por pessoas que buscam materiais recicláveis”.

Antonio Barroso – de Jacundá

Deixe uma resposta