Jacundá

Ministério Público cobra direto à saúde em Jacundá

Apesar das recomendações do MP/PA, o prefeito Ismael Barbosa disse que a administração dele muito já fez pela saúde do município, encontrada por ele “na UTI”

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) realizou audiência extrajudicial com o objetivo de buscar melhorias no atendimento feito à população pela Secretária de Saúde de Jacundá. O encontro ocorreu na Promotoria de Justiça de Jacundá, na semana passada. A reunião objetivou tornar efetivo o direito à saúde, previsto na constituição federal, e encontrar soluções para as principais reclamações da população em relação ao atendimento, a ausência de resposta escrita aos reclamantes e o não cumprimento dos prazos para cumprir solicitações do MPPA.

O MPPA requereu à Secretaria de Saúde que apresente, de forma clara e pública, as informações referentes aos procedimentos para marcar consultas e exames. O promotor Sávio Ramon também solicitou a realização de um curso de qualificação dos profissionais para a melhoria do atendimento e uma padronização das respostas às solicitações dos cidadãos.

O município de Jacundá assumiu o compromisso de responder as requisições do MPPA dentro do prazo definido, elaborar uma resolução sobre a solicitação do tratamento fora do domicílio e também o contato com o Hemopa para que seja providenciado a coleta de sangue no município.

Se tratando de saúde, o prefeito Ismael Barbosa disse à Reportagem que “encontrou uma situação extremamente delicada há seis meses” quando assumiu a administração da prefeitura, e “naquele momento não havia ambulâncias, medicamentos, servidores insatisfeitos e todos os problemas prejudicavam a população”.

Ele ressaltou que conseguiu “tirar a saúde da UTI”. “As ambulâncias estão funcionando, a farmácia do Hospital Municipal de Saúde está com estoque cheio de medicamentos, conseguimos reajustar os salários dos servidores da Saúde, além de entregarmos três novos consultórios odontológicos e revitalizar todas as unidades básicas de saúde”.

Participaram da reunião o promotor de Justiça Sávio Ramon Batista da Silva, o prefeito municipal Ismael Barbosa, a secretária de Saúde Iara Soraya Taborda Ribas, a assistente social Cleidiane Rodrigues Santana e a procuradora-geral do município Mênilly Lóss Guerra.

Deixe seu comentário