Marabá e Parauapebas entre os 15 municípios com mais homicídios em 2019 no Pará

Redenção e São Félix do Xingu também estão na lista das cidades que representam 10,4% do território paraense, nas quais se cometeram mais da metade dos crimes de morte nos últimos 11 meses
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

De acordo com números divulgados pela Polícia Civil do Pará, Marabá está entre os 15 municípios paraenses em que se cometeram mais da metade dos homicídios, no Estado, de janeiro até novembro último. Empata com Altamira, com 120 homicídios e perde para Ananindeua, 138, e para Belém, 397, com mais de uma morte por dia. Ainda na região sudeste do Estado figuram Parauapebas (72), Redenção (44) e São Félix do Xingu (35).

Nos 11 meses deste ano, há registros policiais de exatos 2.500 homicídios. 51,9% dessas mortes violentas se registram em 15 municípios, o que representa 10,4% do território paraense.

Aos crimes considerados “Violentos Letais Intencionais”, como os homicídios dolosos e outros crimes violentos como lesão corporal seguida de morte e latrocínio, o Estado somou outros que não resultaram em mortes, totalizando 2.649 nos 11 meses. Ou seja, oito crimes violentos por dia, em média.

As seis cidades mais violentas são Belém, com 397 homicídios; Ananindeua,138; Altamira e Marabá, 120 cada uma; e Castanhal e Parauapebas, com 72.

A estatística da morte também mostra que, para cada 100 mil habitantes do Estado, ocorreram 31,11 crimes. Uma média assustadora, seis vezes maior que a taxa global, que é de 6,1 para cada grupo de 100 mil pessoas, conforme o Estudo Global sobre Homicídios 2019, feito pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC).

As 15 mais visitadas pela “velha senhora”
Belém 397
Ananindeua 138
Altamira 120
Marabá 120
Castanhal 72
Parauapebas 72
Itaituba 56
Redenção 44
Marituba 42
Moju 40
Paragominas 37
Abaetetuba 36
Barcarena 36
São Félix do Xingu 35
Bragança 34

Por Eleuterio Gomes – correspondente do Blog em Marabá

Publicidade