Marabá

Mais um advogado é assassinado no Pará

OAB protesta, e lembra que é o nono caso desde 2011 Na noite desta quinta-feira (3/4), George Antônio Machado foi mais uma vítima da violência contra advogados no Pará. Dois …

OAB protesta, e lembra que é o nono caso desde 2011

Na noite desta quinta-feira (3/4), George Antônio Machado foi mais uma vítima da violência contra advogados no Pará. Dois homens em uma moto o executaram a tiros e estão foragidos. George era carioca, casado, tinha 53 anos, dois filhos também advogados, e morava em Parauapebas. O crime ocorreu em Marabá, onde estão reunidos os presidentes das subseções da Ordem dos Advogados do Brasil.

De julho de 2011 até a data de hoje, foram assassinados naquele estado nove advogados.

O presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, divulgou a seguinte declaração:

“Mais uma barbaridade contra um colega advogado, nova crueldade que choca e indigna nossa classe e também a sociedade. A OAB exige que os órgãos de segurança elucidem rapidamente este e outros crimes, com punição exemplar dos envolvidos”.

Leonardo Accioly, presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas da OAB, também comentou o assassinato:

“É mais um crime que escancara a fragilidade institucional que o Pará atravessa. Quando se atinge o advogado, é um duro golpe na democracia e no direito à defesa. E é justamente por se tratar de um advogado que se presume um atentado em razão da profissão exercida. Trataremos do tema no Encontro Nacional de Prerrogativas, que se inicia no próximo dia 9 de abril”, adiantou.

O procurador Nacional de Defesa das Prerrogativas da OAB, José Luis Wagner, defendeu a hipótese de intervenção da União no estado:

“Este novo crime contra um colega impõe ao governo estadual que reconheça a necessidade de pedir ajuda federal para enfrentar a situação de violência desenfreada existente no Pará”, afirmou.

Recentemente, Marcus Vinicius Furtado Coêlho esteve no Pará, juntamente com a Comissão Nacional e a Procuradoria de Defesa das Prerrogativas. Na ocasião, foi discutida a questão da segurança pública no estado – em especial no tocante aos advogados – e propostas medidas em conjunto com o governo estadual.

Nota da OAB – Subseção Parauapebas

A Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/PA Subseção de Parauapebas, Estado do Pará, vem a público manifestar em nome de toda a Ordem dos Advogados, o mais profundo pesar pelo falecimento do causídico George Antônio Machado, inscrito na OAB/PA 9.706, nesta quinta-feira (03/04/2014), vítima de homicídio, ao tempo em que presta condolências aos familiares, colegas e amigos enlutados pela irreparável perda.

Neste ato, declaro luto de 03 dias em homenagem aos dedicados serviços prestados à sociedade e á OAB de Marabá e Parauapebas-PA.

Deivid Benasor da Silva Barbosa
Vice Presidente da OAB/PA – Subseção de Parauapebas-PA.
Presidente em Exercício.

Um comentário em “Mais um advogado é assassinado no Pará

  1. Anônimo Responder

    Infelizmente é mais um para estatística, já que a corrupção não permite punir ninguém, lamentável!

Deixe seu comentário