Mais da metade dos vereadores de Canaã dos Carajás mudou de partido

Dos 13 parlamentares, 7 mudaram de legenda pensando nas eleições de 2020
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Com o troca-troca de partidos, durante a janela partidária, a Câmara Municipal de Canaã dos Carajás ganhou uma nova configuração. Dos 13 vereadores, 7 mudaram de legenda para disputar às eleições municipais.

O presidente da Câmara, Wilson Leite, saiu do PDT para o partido PODEMOS. Também mudaram de partido, Anderson Mendes (MDB), Gesiel Ribeiro (PL), Junior Garra (PDT), Maria Pereira (PL), Vania Mascarenhas (PSD) e Walter Diniz (PSD).

Partidos como PHS e PR mudaram os nomes. O Partido Humanista da Solidariedade foi incorporado ao PODEMOS, depois que o PHS não atingiu a cláusula de barreira. Já o Partido Republicano (PR) passou a ser chamado de Partido Liberal (PL) desde maio de 2019.

Entre os vereadores que continuaram fieis aos partidos, estão o Baiano do Hospital (PODEMOS), Elio Costa (MDB), João Batista (PT), João Nunes (MDB) e Rael da Marcenaria (PODEMOS). O vereador Flavio Gomes, do PROS, que era suplente de Dionísio Coutinho, assumiu a vaga depois que Dionísio foi empossado, diretor-presidente do SAAE.

Apesar da mudança de legendas, os partidos que ocupavam a maior parte das cadeiras parlamentares ainda permanecem com maior representatividade. O MDB, partido do Governador Helder e base de apoio ao prefeito Jeová, segue com 3 vereadores. O PODEMOS (antigo PHS) que faz oposição ao governo municipal, também permanece com 3 vereadores. Já o PDT que antes, contava com 3 vereadores, hoje segue apenas com 1. Os partidos que chegam à Câmara Municipal são PSD, do deputado federal Jarbas Passarinho e o PROS.

Veja como ficou a representatividade na Câmara Municipal

MDB: 3 vereadores

PODEMOS: 3 vereadores

PL: 2 vereadores

PSD: 2 vereadores

PROS: 1 vereador

PT: 1 vereador

PDT: 1 vereador

Publicidade