Livro sobre filosofia como cura da alma será lançado na Unifesspa no próximo dia 19

Durante o lançamento do livro, haverá uma palestra e debate sobre a obra literária que contém 428 páginas
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

O professor do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) José Davi Passos vai lançar no próximo dia 19 de setembro seu 5º livro intitulado: A filosofia como cura da alma – a formação ética como terapia na atividade filosófica antiga. O evento será realizado no Auditório da Unidade I do campus de Marabá, na Folha 31, às 19 horas e contará com a presença de alunos, servidores e da sociedade em geral.

Durante o lançamento do livro, haverá uma palestra e debate sobre a obra literária que contém 428 páginas. O autor que é professor na Unifesspa há 24 anos já escreveu outros livros como: “Raízes da filosofia da educação”, “A busca da excelência moral do homem”, “A educação no antigo Oriente” e o “Caboclo retirante: do Cariri à Amazônia”.

“É uma pesquisa inédita e abrangente sobre esse aspecto da filosofia como cura da alma. O livro mostra que o homem é capaz de cuidar de si mesmo para curar-se e conquistar uma vida feliz. Estou muito satisfeito em lançar mais este livro e entendo que a filosofia nos ajuda desvendar os mistérios e histórias da nossa existência, e nos leva a compreender o porquê e a razão fundamental para tudo o que existe. Foi um ano de muito estudo, mas agora sinto-me realizado”, destacou o professor José Davi Passos.

Sinopse do livro

Na Antiguidade, o filósofo era o verdadeiro curador, o “médico de almas”. A ideia de “terapia da alma” se achava inerente à tradição poética desde Homero: os mitos de curas eram efetivados pela poesia que propunha a “pacificação da alma” em face da existência demarcada, inexoravelmente, pelo destino das contradições, atribulações e tragédias encerrados no sofrimento e na morte. Além dos mitos, os médicos adotaram da Filosofia conceitos, categorias e métodos racionais úteis à investigação e aplicação da arte da cura. A busca de explicações racionais para os fenômenos naturais é abraçada metódica e sistematicamente pela medicina hipocrática, construindo métodos de diagnoses, prognósticos e procedimentos terapêuticos a partir de princípios e bases racionais. Essa obra se orienta pela ideia de que a Filosofia visava formar o indivíduo elevando-o à estatura de sábio pela cura interior que o instituía forte, corajoso, perspicaz, justo, amoroso, solidário, feliz e capaz de curar-se interiormente pela “epiméleia” filosófica.

Publicidade

Relacionados