Esportes

Isac marca de pênalti e Remo vence Globo-RN no Mangueirão pela Série C

O Clube do Remo venceu o Globo-RN, por 1 a 0, na tarde deste sábado (21), no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém. Foi à estreia do Leão Azul dentro de casa no Campeonato Brasileiro da Série C. A partida foi válida pela 2ª rodada do Grupo A da competição nacional.

O Leão Azul chegou ao gol da vitória, quando Elielton entrou na área e foi derrubado pelo goleiro Welligton, pênalti assinalado pelo árbitro Célio Amorim, de Santa  Catarina. O atacante Isac, chamou a responsabilidade e cobrou forte no canto esquerdo e saiu para o abraço, aos 28 minutos do 1° tempo.

Com a vitória, o Clube do Remo somou seus três primeiros pontos na Série C e alcançou o terceiro lugar do Grupo A da competição. O próximo compromisso dos azulinos será diante do Juazeirense-BA, no próximo domingo (29),às 19h, no Estádio Adauto Moraes, o Adautão, na cidade de Juazeiro da Bahia. A partida será válida pela 3ª rodada.

O jogo: Leão 1 x 0 Águia – Primeira vitória azulina na Série C

O Clube do Remo entrou em campo pressionado pela derrota na estreia da Série C e partiu para cima do Globo-RN. O meia Adenilson cobrou falta na área e o zagueiro Moisés estreante, subiu de cabeça, a bola passou perto da meta potiguar. Em outra bola parada, que foi um escanteio cobrado por Adenilson, Isac cabeceou por cima da trave do goleiro Welligton, deixando a torcida remista no “uh”.

Em uma jogada individual de Elielton, o atacante azulino arrancou dentro da área e foi derrubado pelo goleiro Welligton, pênalti assinalado pelo árbitro Célio Amorim de Santa Catarina. O atacante Isac cobrou no canto esquerdo de Welligton que foi e não achou nada, abrindo o placar no Mangueirão, aos 28 minutos. O Globo conseguiu chegar em um escanteio cobrado por Érick, Victor desviou e a bola passou perto da meta do goleiro Vinícius.

O Remo voltou a atacar e após uma boa troca de passes, Esquerdinha ficou de cara para o gol, mas chutou muito forte e a bola passou por cima. Na segunda etapa, o time potiguar resolveu sair mais para o jogo e levou perigo em algumas investidas. Após passes envolvendo a zaga azulina, Reinaldo chutou e a bola explodiu no zagueiro Moisés. O Leão deu o troco com Felipe Marques, que cruzou para Isac, o atacante com um desvio quase ampliou o marcador.

Em outra descida perigosa da equipe paraense, o cruzamento saiu da direita na cabeça de Felipe Marques, que mandou para fora perdendo uma grande oportunidade. O Globo chegou em um escanteio cobrado por Geovane, Victor subiu no meio da zaga e cabeceou para uma defesa espetacular do goleiro Vinícius, que espalmou de mão trocada para fora. O jogo era lá e cá, desta vez Esquerdinha cruzou e Isac desviou, a bola bateu na zaga potiguar e se perdeu pela linha de fundo.

O Globo tentou arrisca nos contra-ataques e em um deles, Romarinho apareceu livre, mas a arbitragem assinalou impedimento. Geovane tentou o empate em cobrança de falta, mas mandou longe da meta remista. O Leão esperava o adversário para dá o bote, mas em uma jogada de ataque, Elielton apareceu impedido na frente. A zaga potiguar se complicou na saída de bola e Isac tentou por cobertura, o goleiro Welligton espalmou para fora.

Nos minutos finais, Isac tocou para Elielton que disparou para a boa defesa de Welligton, que evitou mais uma vez o segundo gol do Leão. Após uma lambança da zaga, a bola ficou com Felipe Marques que acabou se atrapalhando e perdeu a chance de ampliar no Mangueirão.

Placar final: Remo 1 x 0 Globo. O Leão Azul conquistou seus três primeiros pontos no Campeonato Brasileiro da Série C.

Ficha técnica

REMO: Vinícius; Levy (Gustavo), Moisés, Mimica e Esquerdinha; Dudu, Fernandes (Leandro Brasília) e Adenilson (Everton); Elielton, Felipe Marques e Isac. Técnico: Givanildo Oliveira

GLOBO-RN: Welligton; Geovane, Victor, Alexandre e Diego; Galiardo, Vanger, Reinaldo e Érick (Jean Natal); Mateus (Alex Sandro) e Romarinho (Negueba). Técnico: Fernando Tonet

Árbitro: Célio Amorim-SC

Assistentes: Johnny Barros de Oliveira e Eder Alexandre, ambos de Santa Catarina

Cartões amarelos: Moisés, Levy, Esquerdinha e Leandro Brasília (Remo); Alexandre e Galiardo (Globo)

Gol: Isac, de pênalti, aos 28 minutos do 1° tempo para o Clube do Remo

Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém

Renda: R$ 140.310,00 – Pagantes: 6.542 – Nação Azul: 2.022  – Credenciados: 1.670 – Total: 8.212

Por Fabio Relvas – Foto: Samara Miranda / Ascom Remo

Deixe seu comentário