Helder Barbalho cobra Plano Nacional de Vacinação de Pazuello em reunião com governadores

Ficou acordado que qualquer vacina autorizada pelas quatro agências internacionais será revalidada pela Anvisa, num prazo de 72 horas
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Após reunião no Palácio do Planalto com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta terça-feira (8), o governador do Pará, Helder Barbalho, disse que o governo federal se comprometeu a comprar vacina contra a Covid-19 autorizada pelas quatro agências internacionais – Estados Unidos, União Europeia, Japão e China –, após autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Alinhamos que qualquer vacina que esteja autorizada pelas quatro agências internacionais, de acordo com a lei federal, em 72 horas, a Anvisa estará com a responsabilidade de revalidá-las e certificá-las para uso nacional,” explicou o governador do Pará.

Helder Barbalho também ressaltou que as vacinas disponíveis devem ser igualmente ofertadas para todos os estados: “Não se pode, de maneira alguma, haver disputa entre estados brasileiros. No momento em que tiver uma vacina liberada pela Anvisa, que ela possa chegar de maneira igual para todos os brasileiros, de acordo com a estratégia de grupos prioritários, mas que nenhum brasileiro fique sem a igualdade na oportunidade de estar se vacinando”.

Previsão

Eduardo Pazuello também disse aos governadores que a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca terá o registro aprovado pela Anvisa no fim de fevereiro.

O governo destinou R$1,99 bilhão para o Ministério da Saúde viabilizar a produção e/ou a aquisição de 100 milhões de doses da chamada vacina de Oxford.

Por Dayse Gomes