Guarda Municipal tira traficantes e drogas de circulação durante a quarta-feira

Denúncias feitas ao CCO e encaminhas à GMP têm sido fundamentais para as prisões e apreensões em Parauapebas
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

A Guarda Municipal de Parauapebas (GMP) tirou de circulação ontem (29) três indivíduos acusados de tráfico de drogas e uma adolescente de 16 anos, acusada de ato infracional análogo ao tráfico. O primeiro a ser preso foi José Mikael da Silva Oliveira, flagrado por volta das 2h da madrugada, com dois papelotes de crack, na Rua Sol Poente, nas proximidades da Escola Carlos Drummond de Andrade, local considerado de concentração do tráfico de entorpecentes. O flagrante se deu em razão de denúncia feita ao CCO (Centro de Controle Operacional).

Já no decorrer do dia, também por meio de denúncias enviadas ao CCO, a Guarda prendeu, no bloco 41 do Residencial Alto Bonito, um indivíduo, cujo nome não foi informado, com 42,2 gramas de maconha 10 petecas de crack. Ele ainda tentou fugir, mas foi agarrado pelos agentes da lei.

Durante a tarde, também no Alto Bonito, a GMP prendeu Antônio Francisco Pereira Rodrigues, flagrado com certa quantidade de crack. O acusado ainda tentou se desfazer do produto ilícito, mas não conseguiu se livrar do flagrante.

No início da noite, por volta das 18h40, uma guarnição da GMP apreendeu, por ato infracional análogo ao tráfico de entorpecentes uma adolescente de 16 anos. Com a garota foram apreendidos 15 papelotes de maconha, pesando no total, 34 gramas do entorpecente. O flagrante se deu na Rua 3 do Bairro Vila Nova.

Todos os casos foram parar na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, onde os acusados foram apresentados aos delegados de plantão para os procedimentos legais.

(Caetano Silva)