Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Em sábado macabro com 6 homicídios, grávida e pai são assassinados em Marabá

Sem nunca ter tido certidão de nascimento, Karoline morreu com filho de três meses na barriga. Matador ficou de se entregar hoje à tarde
Continua depois da publicidade

De seis assassinatos ocorridos no último sábado, 19, em Marabá, o que mais chocou as autoridades foi o triplo homicídio registrado na Folha 1, Nova Marabá, a poucos metros da Ponte Rodoferroviária.

O primeiro a tombar no sábado macabro foi Cícero Yuri Matos Torres, que sofreu golpes de faca na velha Marabá por volta de 6h30 horas da manhã no prédio em que ele morava. O rapaz ainda foi socorrido para o Hospital Municipal, mas chegou à casa de saúde já sem vida. “As diligências serão feitas a partir de hoje, segunda-feira, para tentar descobrir o autor deste crime”.

Enquanto ainda estavam no local do crime de Yuri, os policiais foram informados sobre um duplo homicídio na Folha 1, para onde foram em seguida. Chegando lá, encontraram os corpos de Carlindo de Souza Gonçalves do Nascimento e sua filha de prenome Karoline. “Durante a necropsia, foi constatado que a jovem estava grávida e a partir daí passamos a considerar um triplo homicídio”, explica a delegada Raissa.

As vítimas foram atingidas por disparo de arma de fogo na beira do Rio, na Invasão da Folha 1. Sábado ainda foram ouvidas algumas pessoas que tinham informações sobre os crimes. A expectativa da Polícia é de que o acusado se entregue espontaneamente ainda nesta segunda-feira. Na Folha 1, vizinhos informaram que o crime pode ter sido motivado por disputa por um terreno lá mesmo na área de invasão.

Veja também:  Mistura de bebida e ciúme vitima morador do Porto Novo, em Jacundá

Segundo a delegada, como não tinha certidão de nascimento, para que o corpo de Karoline fosse liberado para velório por parte da família, teve de ser registrada uma ocorrência específica, porque a jovem nunca teve documentação.

Na noite de sábado, ocorreu uma quarta morte, desta vez na Folha 19, Nova Marabá. A vítima foi José Jeoclevane Gonçalves do Nascimento, morto com disparos de arma de fogo quando estava sentado na porta de sua casa. Ele não tinha histórico de envolvimento com a criminalidade, mas algumas pessoas de seu círculo foram intimadas para depor.

O último crime ocorreu no bairro Araguaia, por volta de 23 horas de sábado. Carlos Eduardo Silva Lima, de 18 anos, foi morto quando se dirigia a um bar, próximo a um viaduto que passa por cima da Estrada de Ferro Carajás, entre o Km 7 e o Bairro Araguaia. Dois homens chegaram em uma moto e efetuaram vários disparos. “Há informações de que outras pessoas foram atingidas, mas a vítima fatal foi Carlos Eduardo. Todos esses casos seguem sendo investigados pelo Departamento de Homicídios e não passaremos mais informações por enquanto para não atrapalhar as investigações”, disse a delegada.

Por Ulisses Pompeu – correspondente em Marabá

Deixe uma resposta