Polícia

Dois mortos e dois feridos no primeiro dia de 2019 em Parauapebas

Uma confusão generalizada, nas primeiras horas na manhã deste dia 1º, em um bar da Vila Palmares II, a 22 km da área urbana de Parauapebas, teve como saldo dois mortos e …

Uma confusão generalizada, nas primeiras horas na manhã deste dia 1º, em um bar da Vila Palmares II, a 22 km da área urbana de Parauapebas, teve como saldo dois mortos e dois feridos. Os mortos são José Maria Paiva, 37 anos, natural de Pedreiras (MA), e Aldemir Alencar da Silva, 35. Foram parar no Hospital Geral Ediel Gomes Santos, 22, que está preso, e Hélio Silva Santos, 22, que não tinha relação alguma com o caso.

De acordo com as informações que a Reportagem do Blog conseguiu levantar, Ediel e José Maria alimentavam uma desavença antiga, motivada pelo fato do primeiro ter roubado objetos da casa do segundo. Sempre que se encontravam, o caso vinha à tona e havia discussão.

Nesta terça-feira, pela manhã, eles estavam no mesmo bar quando, já movidos pelo excesso de álcool, começaram a discutir, tendo partido para a agressão física. Momento em que Ediel desarmou José Maria, que carregava um revólver na cintura e fez vários disparos, matando inclusive o desafeto.

Aldemir Alencar, que estava junto com Ediel e José Maria, também foi atingido e levado às pressas para o hospital, assim como Hélio Silva Santos, que passava pela rua, voltando para casa, e foi atingido no queixo, de raspão. Ediel, que foi ferido a faca por José Maria, durante a briga, também foi hospitalizado.

Aldemir não resistiu ao baleamento e morreu na casa de saúde pública. Hélio foi submetido a pequena cirurgia para retirar do queixo fragmentos do projétil e Ediel foi medicado, está fora de perigo, mas algemado na cama, preso, acusado pelo duplo homicídio.

Deixe seu comentário