DMTT estabelece regras para transporte alternativo em Parauapebas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Ação visa organizar trânsito nos locais de embarque de passageiros

O Departamento Municipal de Trânsito e Transportes de Parauapebas celebrou um acordo com as cooperativas de vans que fazem o transporte coletivo da cidade, estabelecendo que a partir de janeiro deste ano os vanzeiros só podem parar e colher os passageiros nas paradas onde estacionam todos os coletivos. A medida, segundo o DMTT, se faz necessária para organizar o trânsito nas áreas de embarque e desembarque de passageiros.

Conforme Gomes Carvalho Filho, coordenador geral do Departamento Municipal de Trânsito de Parauapebas, o trabalho em conjunto com os vanzeiros está tendo uma grande aceitação, tanto pela classe dos transportadores, como pela população. "Os vanzeiros também estão colaborando e só apanham passageiros nas paradas sinalizadas, assim eles percorrem o percurso mais rápido, pois há menos paradas e economizam combustível", ressalta Gomes.

O coordenador enfatiza ainda os motoristas de transporte alternativo que insistem em não se adequar à regra, estão sendo notificados. Em Parauapebas, todas s paradas de vans situadas no centro da cidade já estão sinalizadas. Na periferia do município, algumas ainda estão em processo de finalização das pinturas.

Gomes diz que os abrigos das paradas também estão sendo providenciados, para um melhor conforto dos usuários do transporte.

Agentes do DMTT também estão fiscalizando as paradas, com a intenção de evitar que carros particulares estacionem nesses locais. Neste caso, segundo o DMTT, o veículo em questão estará sujeito a guincho. No tocante aos valores das multas pelas irregularidades, os proprietários de carros menores devem pagar R$ 50,20 e os donos de motocicletas têm que desembolsar a quantia de R$ 40,20.

Fonte: O Liberal

[ad code=2 align=center]

Publicidade