Agricultor morre em acidente de trânsito na Rodovia PA-275, em Parauapebas

Ele pilotava uma moto e, em um cruzamento, bateu no bico do bloco de concreto existente no local e foi arremessado ao asfalto
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O agricultor Fábio Marques de Oliveira, de 57 anos de idade, natural de Coroatá (MA), morreu vítima de acidente de trânsito, por volta das 21h 50, da noite deste sábado (4), no perímetro urbano da Rodovia PA-275, em frente à entrada do Bairro Nova Carajás, em Parauapebas. Informações de Fábio Júnior, filha do homem, ele e o pai saíram de Curionópolis com destino à Vila Cedere I, quando Fábio de Oliveira, que pilotava a motocicleta Honda Bros, cor branca, placa QDH3I52, teria perdido o controle do veículo próximo ao radar ao bater na guia do retorno.

Júnior contou para a Polícia Civil que seguia em outro veículo alguns quilômetros atrás e, quando chegou no local do acidente, já encontrou seu pai caído na pista. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas, ao chegar, apenas constatou que o motociclista já estava morto.

Informações colhidas no local dão conta de que Fábio de Oliveira possivelmente perdeu o controle da moto quando bateu no bico do bloco de concreto existente naquele contorno, que avança demasiadamente para o meio da pista.  

Na colisão, o piloto foi arremessado junto com a moto a cerca de 50 metros de distância do obstáculo onde bateu com a cabeça no asfalto. Embora estivesse usando capacete Fábio Marques de Oliveira sofreu uma forte pancada, vindo a estourar um dos globos oculares.

Foi levantada também a hipótese de que a vítima, que, segundo o filho, tinha o costume de fazer aquele percurso, tenha sido fechada por outro veículo levando-o a perder o controle da moto.

No local motoristas e populares criticaram a forma em que construíram os retornos ao longo da PA-275, uma vez que passa do canteiro tomando um pouco da pista colocando em risco os motoristas e os motoqueiros, por não serem sinalizados devidamente.

“Se você vier na direita da pista e um outro veículo lhe ultrapassar pela direita, como muitos fazem aqui, não tem como evitar. O condutor a esquerda vai de encontro com essa parte saliente do retorno, principalmente se não tiver iluminação ou sinalização zebrada, como no caso aqui”. Disse um motorista que pediu para não ter a identidade divulgada.

(Caetano Silva)

%d blogueiros gostam disto: