Com maior arrecadação do Brasil, Canaã dos Carajás é nº 1 do MultiCidades

Prefeitura do município também surgiu pela primeira vez no pelotão das 100 mais ricas do país. Belém, por outro lado, foi a única que não prestou contas para fazer parte do importante estudo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Exatamente tudo o que o Blog do Zé Dudu tem anunciado sobre as contas públicas do município de Canaã dos Carajás acaba de ser oficializado na edição de 2022 do prestigiado Anuário MultiCidades, levantamento anual da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). Na edição recém-lançada e que leva em conta dados consolidados de prestações de contas encaminhadas à Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Canaã alcançou o posto de município com maior arrecadação por habitante do Brasil.

As informações foram levantadas pelo Blog do Zé Dudu, que se debruçou sobre as 216 páginas do Anuário, segundo o qual a receita per capita da Terra Prometida foi de R$ 26.645,63. Apesar de ser o número 1 em arrecadação no país, Canaã dos Carajás é apenas o 900º em tamanho de população. Esse primeiro lugar só foi possível porque a arrecadação total foi de R$ 1,015 bilhão para uma população estimada, no ano passado, em 38,1 mil habitantes — minúscula, portanto.

No ano passado, considerando-se exclusivamente o tamanho da receita apurada, a Prefeitura de Canaã foi a 91ª mais rica da nação, superando as capitais Macapá (AP) e Rio Branco (AC). Outras estrelas paraenses que entregaram as contas em dia e que apareceram no seleto listão das 100 prefeituras mais ricas são Parauapebas (R$ 2,039 bilhões), em 41º lugar; e Marabá (R$ 1,112 bilhão), 83º lugar.

Ausência de Belém

A falta da prestação final das contas da Prefeitura de Belém, referentes a 2020, prejudicou sobremaneira o ranking do MultiCidades. Belém foi, vergonhosamente, a única capital que não entregou seus dados à STN a tempo de gerar informações para o Anuário. O Blog do Zé Dudu divulgou este ano o listão das prefeituras mais ricas, e Belém aparecia na 20ª colocação. A ausência de um município importante como a capital paraense, a ordem dos demais fica prejudicada.

Deixaram de entrar no estudo dados belenenses referentes ao recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Imposto sobre Propriedade Territorial Urbana (IPTU), entre outras fontes de recursos, bem como ficou de fora o conhecimento acerca dos gastos com pessoal da metrópole.

Por outro lado, além de Canaã dos Carajás, merecem destaque as prefeituras de Parauapebas, Marabá, Ananindeua e Santarém pela transparência demonstrada na prestação de contas ao longo de 2020, o que contribuiu para que seus nomes fizessem parte da edição 2022 do Anuário MultiCidades.

5 comentários em “Com maior arrecadação do Brasil, Canaã dos Carajás é nº 1 do MultiCidades

  1. Paulo Vieira Responder

    Com essa arrecadação toda podia estar melhor, iluminação pública deficitária nos bairros, rede de esgoto com tratamento ? Espaço de lazer público. Mas a cidade é nova tem tudo para melhorar ainda mais.

    • Elzinetepacheco Responder

      Tem 18 anos que moro nessa cidade maravilhosa e desde o ex prefeito Jeová até agora com a nossa prefeita Josemira Canaã so tem progredido!

  2. Elvimara Responder

    Boa tarde. Vim de Teresina-PI , moro há 9 anos em Canaã e vejo a grande transformação na cidade. Prefeitura trabalhando pra dar mais conforto aos moradores. Parabéns !!!!

  3. Jose joao Responder

    A cidade tá muito linda e bem organizada e limpa diferente de parauapebas que tá só lixo e buraco

Deixe seu comentário

Posts relacionados

%d blogueiros gostam disto: