Clube do Remo vence o Atlético-ES e avança para a segunda fase da Copa do Brasil 2018

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por Fábio Relvas

O Clube do Remo foi o único time do estado do Pará que avançou na Copa do Brasil. Na tarde desta quarta-feira (07), o Leão Azul venceu Atlético-ES, por 2 a 0, e está classificado para a segunda fase da competição nacional. Os gols azulinos foram marcados por Isac, aos 39 minutos do 1º tempo, e Felipe Marques, aos 36 do 2º tempo. A partida foi realizada no estádio José Olívio Soares, em Itapemirim, no Sul do Espírito Santo e válida pela primeira fase da competição.

Com o isso, o Clube do Remo encara o Internacional-RS, em jogo único, pela segunda fase da competição. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda não definiu a data do duelo, que poderá ocorrer no dia 20 ou 21 de março, mas o local será no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém. Segundo o regulamento, quem vencer avança para a terceira fase e caso de empate, a decisão vai para as cobranças de pênaltis.

A partida: Atlético-ES 0 x 2 Remo – Leão Azul é Pará na Copa do Brasil!

Como jogava pelo empate, o Clube do Remo esperou um pouco mais a iniciativa de jogo pelo adversário. E na primeira investida do Atlético de Itapemirim, Felipe Foca cruzou da direita para Eraldo, que se antecipou a zaga remista e disparou na trave e na sobra, Mimica aliviou o perigo que estava rondando a meta de Vinícius. Em uma falta cobrada na área, Pikachu levantou e o goleiro Vinícius afastou de soco.

O Clube do Remo resolveu sair para o jogo. Esquerdinha cruzou na área e o atacante Isac cabeceou, a bola tocou na rede pelo lado de fora, levando a torcida remista que foi até o Espírito Santo. O Atlético tentou marcar quando Eraldo ajeitou de peito para o chute de Fabiano, que mandou longe da meta azulina. Outra vez os donos da casa chegaram, na pancada de fora da área desferida por Marcos Felipe a bola passou muito perto assustando Vinícius.

Aos 39 minutos de jogo, o Leão Azul chegou lá. Rodriguinho cobrou escanteio, a defesa não cortou e o atacante Isac mandou de perna direita para o fundo do barbante, 1 a 0, Remo. Mais uma vez o time paraense chegou com Rodriguinho, que cruzou para o toque de cabeça do zagueiro Mimica, o goleiro Bambu ficou com a bola. No início do segundo tempo, Eraldo tocou  para o volante Araruama do Galo, que se livrou da marcação e mandou um chute forte, a bola passou perto.

O time da casa ganhou fôlego e quase chegou ao empate com Felipe Foca, que avançou livre pela direita e mandou um chutaço, o goleiro Vinícius salvou o Remo. Pikachu pegou uma sobra de bola e tentou surpreender o goleiro remista, mas mandou por cima da meta. O Leão reagiu quando Geandro cruzou da esquerda, o goleiro Bambu saiu mal de sua meta e zaga conseguiu afastar o perigo. O Galo atacou novamente e após receber sozinho dentro da área, Kaio chutou em cima de Vinícius.

Após alguns sustos, o Leão acordou para o jogo. Lançamento chegou para Isac, que percebeu a saída do goleiro Bambu e tentou por cobertura, a bola passou por cima da meta. Em mais uma descida dos azulinos para o ataque, Levy arrancou e tocou para Felipe Marques, que com muita tranquilidade tirou do goleiro Bambu e correu para o abraço, aos 36 minutos, 2 a 0, Remo. Os donos da casa queriam pelo menos diminuir o placar e quase chegaram ao gol, depois do escanteio cobrado, Vinícius afastou de soco e na sobra, Kaio mandou um chute na trave azulina.

O Clube do Remo começou a cadenciar o jogo. Ainda deu tempo do Galo assustar pela última vez, sempre com o perigoso Kaio, que saiu da marcação e chutou para a boa defesa de Vinícius. Placar final: Atlético-ES 0 x 2 Remo.

Com a classificação garantida para a segunda fase da Copa do Brasil, o Leão Azul vai receber uma premiação no valor R$ 600.000,00. O time azulino já tinha  recebido da Confederação Brasileira de Futebol, a quantia de R$ 500.000,00, cota de participação na primeira fase. Sendo assim, o time paraense já arrecadou R$ 1.100.000,00.

Publicidade