CFEM em baixa. Exportação de minério de ferro em alta.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Mina de CarajásDados do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) mostram que o Brasil arrecadou R$ 912,15 milhões em Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) no primeiro semestre deste ano, uma queda de 29,4% em relação aos R$ 1,29 bilhão arrecadados nos primeiros seis meses de 2013.

O Pará foi o segundo maior arrecadador de CFEM, com R$ 285,23 milhões nos seis primeiros meses de 2014. O valor representa uma queda de 47,5% na comparação com o primeiro semestre de 2013, quando foram arrecadados R$ 543,20 milhões. No mês de junho, o Pará arrecadou R$ 31,98 milhões, cerca de 2,6% a mais do que os R$ 31,17 milhões do mesmo mês em 2013.

O produto que mais gerou receita no primeiro semestre de 2014 foi o minério de ferro, responsável pela arrecadação de R$ 145,54 milhões. Em segundo lugar entre os maiores produtos arrecadadores de CFEM está o cobre, com cerca de R$ 25,91 milhões.

Minério de Ferro
Em contrapartida, segundo dados divulgados ontem (01) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), as exportações de minério de ferro do Brasil somaram 29,55 milhões de toneladas em junho deste ano, uma alta de 11,7% em relação aos 26,1 milhões de toneladas de junho de 2013. Na relação com o mês de maio, quando foram exportadas 30,7 milhões de toneladas, houve queda de 3,8% se comparada ao mês anterior.

Publicidade