Assaltante morre ao atirar contra a PM após roubo de carga de bois na PA-150

O caso se registrou no domingo, quando uma carreta com 57 bois foi roubada e o motorista mantido em cárcere privado, amarrado e sob a mira de armas de fogo
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on print
Imprimir

Continua depois da publicidade

Um assaltante identificado apenas pelo apelido de “Pocotó” morreu na tarde de domingo (24), em de Jacundá, após troca de tiros com policiais militares que descobriram o cativeiro onde estava amarrado Ismael da Paz Resplandes, caminhoneiro que teve a carga de bois roubada na manhã do mesmo dia. Na ação policial ainda foram presos Estélio de Araújo Lima e Agnaldo Oliveira de Assis Filho.

Assaltante “Pocotó”

A carreta boiadeira foi abordada na rodovia PA-150, a cerca de 10 quilômetros do perímetro urbano de Jacundá, no momento em que Ismael teve de reduzir a velocidade do veículo. O carro foi desviado para uma vicinal e a carga de 57 bois transferida para outros caminhões. Em seguida, o veículo foi abandonado às margens da rodovia.

Seguindo pista da ação criminosa, o irmão de Ismael, que é policial militar, na companhia de uma guarnição, localizou o cativeiro, onde o motorista estava, amarrado sob a mira de armas de fogo de integrantes da quadrilha.

Ao serem descobertos, “Pocotó” atirou contra os policiais, que reagiram e atiraram nele. Outro assaltante conseguiu fugir pela mata, e o terceiro chegou com Ismael até a rodovia, onde abordar um veículo de passageiros que seguia para Marabá. Houve perseguição policial.

Segundo o delegado Sérgio Máximo dos Santos, foi preso em flagrante Estélio de Araújo Lima. E horas depois, em um hotel da cidade, Agnaldo Oliveira de Assis Filho. Este negou participação na ação criminosa. “Eles serão enquadrados no crime de roubo qualificado com restrição de liberdade da vítima”.

A ação resultou na apreensão de duas armas de fogo, recuperação da carreta e resgate da vítima. A carga roubada ainda não foi localizada. A quadrilha seria do município de Tailândia.

A carreta Scania, branca, dois pisos, placas MFW-9716, com 57 bois, saiu de São Domingos do Araguaia com destino a empresa Mercúrio Pontilhão. O veículo já foi localizado e encontra-se em Jacundá.

Publicidade

Relacionados