Advogado dado como desaparecido diz que estava sem contato telefônico

Arivaldo Aires da Rocha explicou que não saiu da cidade e estava trabalhando normalmente
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Citado em Boletim de Ocorrência registrado ontem, quarta-feira (28), na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, como pessoa desaparecida há quase um mês, o advogado Arivaldo Aires da Rocha, que milita na área criminal, ressurgiu ontem mesmo na Delegacia de Polícia Civil.

A um repórter de rádio, ele explicou que estava sem contato telefônico, por isso as pessoas não estavam conseguindo localizá-lo. Afirmou, ainda, que se encontrava na cidade e trabalhando normalmente.

Quem registrou BO dando Arivaldo como desaparecido foi Sebastião Mota da Silva, que afirma trabalhar para ele há 15 anos e disse que a última vez que o viu foi em 31 de março passado, na chácara em que o advogado mora, na Vila Rio Branco, zona rural de Parauapebas. Como diria dona Milu, personagem da novela Tieta do Agreste: Mistéééééério!

(Caetano Silva)

VEJA O VÍDEO GRAVADO COM O ADVOGADO NA TARDE DE ONTEM

Publicidade