Adolescente comete assalto na zona rural e assaltado tenta vingança

Em vez de procurar a polícia para registrar Boletim de Ocorrência, a vítima de assalto decidiu matar o menor. O adolescente, mesmo baleado, escapou com vida
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Uma guarnição do 23° Batalhão de Polícia Militar, de Parauapebas, foi chamada por volta das 19h20, de ontem, quarta-feira (29), para se deslocar até a Rua Airton Senna, na Vila Palmeiras I, para averiguar uma tentativa de homicídio tendo como vítima um adolescente de 17 anos de idade.

No endereço indicado, os policiais encontraram o jovem baleado, no quintal de uma casa. Ele foi atingido por tiros nas costas, um dos quais perfurou um dos pulmões, e no braço esquerdo. Imediatamente, uma ambulância do Samu foi chamada e removeu o adolescente ao Pronto Socorro do Hospital Municipal de Parauapebas. 

Os policiais militares realizaram rondas pelo local e pediram informações a populares, mas não conseguiram localizar o atirador. Equipe da Polícia Civil também esteve na vila, fazendo os primeiros levantamentos da tentativa de assassinato.

Segundo informações que ainda estão sendo apuradas, pela polícia, o adolescente assaltou uma pessoa que optou por não registrar queixa na polícia e sim fazer justiça com as próprias mãos.

(Caetano Silva)