Acusado de assassinato em Parauapebas preso com drogas em Curionópolis

Após o homicídio, Gabriel Santos fugiu para Curionópolis, onde foi flagrado hoje com drogas e dinheiro
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Acusado de ter assassinado Carlos Eduardo Ferreira de Miranda, em outubro do ano passado, foi preso na manhã desta sexta-feira (31), pela Polícia Civil, Gabriel Souza Santos. A captura se deu em cumprimento de Mandado de Prisão Preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal de Parauapebas.

O corpo de Carlos Eduardo foi encontrado no dia 27 de outubro de 2019, já em avançado estado de decomposição, boiando em um rio na área da VS-10.

Iniciadas as investigações, sob o comando da delegada Yanna Kaline de Azevedo, da Divisão de Homicídios da 23ª Seccional Urbana, a Polícia Civil chegou ao nome de Gabriel Santos como um dos autores do crime, motivado pela disputa entre facções criminosas.

Apesar do acusado ter fugido de Parauapebas, hoje ele foi localizado em Curionópolis, onde recebeu voz de prisão. No momento da condução, os policiais suspeitarem das atitudes do preso e, em revista no imóvel que ele ocupava, encontraram 12 petecas de crack e 49 porções de maconha embaladas para venda, uma porção de crack ainda não fracionada, uma balança de precisão e R$ 384,00 em notas miúdas. Agora, além de carregar nas costas um homicídio, ele será julgado também por tráfico de entorpecentes.

(Caetano Silva)

Publicidade