UFPA, Unifesspa, Uepa e Ufopa abrem inscrição de mestrado para indígenas

As 20 vagas ofertadas fazem parte do Programa de Pós-Graduação em Educação Indígena. As inscrições seguem até o dia 24 de novembro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O Programa de Pós-Graduação em Educação Indígena (PPGEEI) realiza inscrições no período de 15 a 24 de novembro, para cursos de mestrado, com 20 vagas gratuitas, ofertadas em parceria com a Universidade do Estado do Pará (Uepa), Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifespa) e Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa).

O processo seletivo para a turma 2021 do PPGEEI é voltado para indígenas, com referendo da comunidade indígena de origem, portadores de diploma de Licenciatura Plena reconhecido por órgão oficial brasileiro, alunos indígenas concluintes de Cursos de Licenciatura, que atendam aos critérios solicitados no edital, que concluam o curso de graduação antes do período de matrícula no Mestrado, em caso de aprovação.

Entre os documentos solicitados no ato da inscrição é obrigatória a apresentação de declaração digitada ou manuscrita de pertencimento à comunidade indígena, emitida e assinada por cacique ou liderança reconhecida pelo povo indígena de origem. Composta por três fases eliminatórias, a seleção inclui análise do projeto de dissertação, Currículo Lattes e entrevista.

Qualificação

O Mestrado de Educação Escolar Indígena é composto por duas linhas de pesquisa: Currículo, Modos de fazer e Avaliação em Educação Escolar Indígena, e Planejamento e Produção de Materiais Didáticos na Escola Indígena. De acordo com a ementa do PPGEEI, o curso “tem como objetivo qualificar profissionais, em nível de pós-graduação, indígenas licenciados, que tenham atuação técnica, científica e ou em docência na Educação Escolar Indígena, de modo a dar prosseguimento aos processos de formação docente”.