Tuna Luso massacra o Gavião em Marabá, e Paysandu vence o Independente no Navegantão

A Águia Guerreira aplicou a maior goleada do certame, e com o placar magro, o Papão garantiu três pontos em Tucuruí
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Disputa acirrada entre Galo e Papão (Foto: Lindoberto Filho)

Continua depois da publicidade

A sétima rodada da primeira fase do Campeonato Paraense de 2021 teve início na tarde desta terça-feira (20), com duas partidas. Sem vencer na competição e ameaçado de rebaixamento, o Gavião Kyikatejê encarou a Tuna Luso, no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá. Já o Independente recebeu o Paysandu, no confronto de líderes de seus grupos, no Estádio Municipal Antônio Dias, o Navegantão, em Tucuruí.

Em Marabá, apesar de ser visitante, a Tuna Luso Brasileira se impôs dentro do gramado do Zinho Oliveira e foi para cima do time do Gavião Kyikatejê. Em uma tarde inspirada, o lateral-direito Léo Rosa marcou dois gols no primeiro tempo para a Águia Guerreira, aos 26, e aos 45 minutos. O atacante Paulo Rangel tratou de marcar o terceiro tento cruzmaltino, aos dez minutos do segundo tempo. 

A Tuna seguiu à vontade em campo e marcou novamente, com o atacante Paulo Rangel, aos 21 minutos. O time indígena conseguiu descontar com o atacante Luan, aos 27 minutos, mas a tarde era mesmo da Elite do Norte, que assinalou mais duas vezes, com Bambelo, aos 43, e Lukinha, aos 46 minutos. Placar final: Gavião Kyikatejê 1 x 6 Tuna Luso. Foi a maior goleada do Parazão 2021.

Independente e Paysandu perfilados no gramado do Navegantão (Foto: Lindoberto Filho)

Com o resultado expressivo, a Tuna Luso chegou aos nove pontos, e segue firme na vice-liderança do Grupo A2 com nove pontos. Já o Gavião Kyikatejê vive o drama do rebaixamento de volta para a Segundinha do Parazão, segurando a lanterna do Grupo A1 com apenas três pontos e nenhuma vitória. 

Já em Tucuruí, Independente e Paysandu fizeram uma partida acirrada. O primeiro tempo foi fraco tecnicamente – os times não conseguiram chegar às metas adversárias e o placar terminou em branco. No segundo tempo, finalmente um lance de perigo aconteceu quando Diego Matos cobrou escanteio, Denilson subiu de cabeça e a bola passou perto do travessão do goleiro Dida no que quase foi o primeiro gol bicolor.

Logo depois, em outro ataque do Papão, Ari Moura ficou de frente para marcar, mas chutou em cima do goleiro Dida. Na terceira chegada bicolor, não teve jeito. Em grande jogada individual de Denilson, o zagueiro tabelou com Ari Moura, recebeu na frente e tocou com muita categoria na saída do goleiro Dida – um golaço, aos 23 minutos, 1 a 0. O Independente teve a chance do empate com Railson, que cobrou falta no travessão do goleiro Victor Souza. Na sequência, a zaga bicolor aliviou o perigo.

Na última chance de gol da partida, Paulinho lançou para Nicolas, que chutou e a bola passou raspando a meta do goleiro Dida, sem alcançar o segundo gol do Papão. Placar final: Independente 0 x 1 Paysandu. Foi a primeira derrota do Galo Elétrico dentro do Parazão 2021.

Com o resultado, o Independente Tucuruí perdeu a invencibilidade, mas não a liderança do Grupo A3, onde soma 12 pontos e já está classificado para as quartas de final. O Paysandu também segue na liderança do Grupo A1, com 13 pontos conquistados na classificação. 

Por Fábio Relvas
Publicidade