Tuna, Castanhal e Paysandu estão nas semifinais do Parazão em partidas emocionantes até o final

A Águia despachou o Crocodilo, o Japiim eliminou o Galo e o Papão passou pelo Tubarão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Paysandu venceu o Bragantino e avançou para as semifinais (Foto: John Wesley)

Continua depois da publicidade

A quarta-feira (5) foi movimentada para o futebol paraense, com três clubes brigando por vagas nas semifinais do Parazão 2021. As três partidas restantes das quartas de final envolveram as equipes da Tuna e Itupiranga, Independente e Castanhal e Paysandu e Bragantino. O Clube do Remo foi o primeiro classificado para as semifinais ao vencer por duas vezes o Águia de Marabá.

Tuna 0 x 1 Itupiranga

Pela parte da tarde, Tuna Luso e Itupiranga fizeram um jogo disputado no Estádio Francisco Vasques, o Souza, em Belém. A Águia Guerreira entrou em campo com uma ampla vantagem pelo placar de 3 a 0, obtido na partida de ida em Marabá. O Crocodilo tinha uma missão quase que impossível, mas mostrou força e conseguiu vencer os cruzmaltinos graças ao gol único assinalado por Marcus Vinícius, de cabeça, aos 43 minutos do segundo tempo. Placar final: Tuna 0 x 1 Itupiranga. No agregado, 3 a 1 para a Tuna, que vai enfrentar o Remo nas semifinais. 

Independente 1 x 2 Castanhal

Também durante a tarde, o Independente encarou o Castanhal no Estádio Municipal Antônio Dias, o Navegantão, em Tucuruí. O duelo estava em aberto, já que a primeira partida foi acirrada e os adversários ficaram no empate, por 1 a 1, no Modelão, em Castanhal. O Galo Elétrico se impôs dentro de campo e abriu o placar com Yuri Silva, aos 20 minutos do primeiro tempo. O Japiim da Estrada foi buscar o empate com o atacante Pecel, que assinalou aos 34 e virou a partida, cobrando pênalti aos 44 minutos do segundo tempo. Placar final: Independente 1 x 2 Castanhal. No agregado, 3 a 2 para o Castanhal. 

Time do Castanhal virou para cima do Independente (Foto: Lindoberto Filho)

Paysandu 1 x 0 Bragantino

Já à noite, a bola rolou no Estádio Leônidas Castro, o Banpará Curuzu, em Belém, para o duelo entre Paysandu e Bragantino. Na primeira partida, Papão e Tubarão ficaram no empate sem gols e o jogo da volta prometia fortes emoções. Em uma boa jogada pela esquerda do ataque bicolor, Bruno Collaço cruzou e Nicolas tentou marcar de cabeça, mandando a bola para fora. O time do Papão pediu pênalti, quando Bruno Collaço recebeu passe de Ratinho e caiu na área, mas o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva mandou seguir.

Outra vez Nicolas tentou marcar e chutou de fora da área – a bola passou perto da meta do goleiro Deco Júnior. Só dava Paysandu. Marlon cruzou para a testada de Nicolas, o goleiro Deco Júnior fez milagre e salvou o Tubarão. No segundo tempo, o jogo seguiu muito disputado. Israel cruzou para Nicolas que testou e o goleiro Deco Júnior defendeu novamente para o Braga. 

O Tubarão teve uma boa chance quando Túlio cruzou da esquerda e Cris Maranhense desviou de cabeça para fora. Em mais uma descida perigosa do Bragantino, Zé Carlos pegou na esquerda e chutou, o goleiro Victor Souza salvou o Papão, mandando para escanteio. Depois dos sustos, o time bicolor pressionou o adversário. Marlon fez pivô para Elyeser, que chutou forte de fora da área, mas o goleiro Deco Júnior salvou para escanteio. 

Na cobrança, o goleiro Deco Júnior cortou para frente, Ruy pegou a sobra e mandou um chutaço no travessão. A bola voltou para Elyeser, que chutou – a redonda desviou no meio do caminho e foi parar no fundo do barbante, aos 38 minutos, 1 a 0 Papão. Com o placar, o Paysandu se classificou e agora vai enfrentar o Castanhal nas semifinais do Parazão. 

Por Fábio Relvas
Publicidade