Tucuruí: HRT realiza projeto “Ver para Viver” para humanizar relação entre pacientes e familiares

As atividades desempenhadas pela Comissão de Humanização e os parceiros da área assistencial, possibilita o contato visual entre o paciente e os familiares por meio de chamada de vídeo
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Visando humanizar o contato entre pacientes e seus familiares, a Coordenação do Complexo Hospitalar de Tucuruí (HRT/Unacon) vem desenvolvendo o Projeto “Ver para Viver”. O projeto promove o acolhimento das famílias dos pacientes, dando toda a assistência para que possam acompanhá-los durante o tempo em que estiverem internados na casa de saúde.

O projeto envolve o grupo multidisciplinar, formado pelas equipes de enfermagem, médico, assistentes sociais e a comissão de humanização. Os familiares são recepcionados e participam de chamadas de vídeos com os pacientes, que estão inclusos nos critérios para participarem do projeto.

Segundo o HRT, as atividades desempenhadas pela Comissão de Humanização e os parceiros da área assistencial, possibilita o contato visual entre o paciente e os familiares, isso por que, durante o longo período de internação, os pacientes com diagnóstico de Covid-19, por exemplo, não podem receber visitas, independente do setor em que estejam internados.

O HRT observa que, com o início do “Projeto Ver para Viver”, muitos familiares puderam conversar e interagir com os pacientes, levando maior tranquilidade, amor e união e, com isso, diminuído a saudade mútua e amenizando a distância entre os familiares e pacientes.

Tina DeBord

Foto: Divulgação