Tucumã: Preso mais um acusado de pertencer a facção criminosa no Pará

Segundo a Polícia Civil, Magno dos Santos Dias, preso ontem (30), está envolvido em diversos assaltos na região
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Em desdobramento a operação para cumprimento de mandados de prisão contra acusados de cometer crimes e integrar facções criminosas no Pará, uma equipe da Polícia Civil da Delegacia de Tucumã, no sudeste do estado, prendeu ontem (30) Magno dos Santos Dias. Ele é acusado de ser integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e de estar envolvido em diversos assaltos na região.

Com o acusado, a Polícia Civil encontrou porções de maconha prontas para serem comercializadas.  Magno é o segundo integrante de facção criminosa preso em Tucumã.

No dia anterior, quarta-feira (29), foi preso William Silva Costa, conhecido no mundo do crime e das facções criminosas como “Zeca Urubu”, que é acusado do homicídio qualificado de Carlos Daniel da Silva Neto, além de ser tido como “disciplina geral” de uma das organizações criminosas que disputam o comando das cadeias e dos pontos de venda de drogas nas cidades do Pará. Os dois estão presos em Tucumã e devem ser recambiados para um dos presídios do estado, por serem considerados de alta periculosidade.

(Tina Santos)

Publicidade