Tapa-buraco de Parauapebas é orçado em R$ 55 milhões; veja onde haverá serviço

14 bairros serão alvo da “expedição” de infraestrutura do governo Darci, inclusive todas as ruas comerciais dos bairros Cidade Nova, Rio Verde, União, Liberdade, Altamira e Novo Horizonte.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

O tão aguardado edital de licitação para realização de serviços de tapa-buraco na área urbana de Parauapebas, enfim, saiu. A população, que muito tem reclamado de dificuldades de circulação em diversos bairros da 5ª maior cidade do Pará, já não vê a hora de enxergar homens e máquinas nas ruas para fazer as intervenções necessárias e, em alguns casos, até urgentes. Nesta terça-feira (10), a íntegra do processo do pregão eletrônico foi publicada pela Prefeitura de Parauapebas no mural de licitações do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Ao custo de R$ 55.503.711,20 e em dois lotes, o registro de preços deve ser realizado no próximo dia 20, conforme antecipado ontem (9) pelo Blog do Zé Dudu. O lote 1 é orçado em R$ 28.003.061,26 e o lote 2, em R$ 27.500.649,94. Vai haver trabalho dura o dia e, também, no período noturno nas ruas de grande movimentação comercial. A estimativa é de que essa frente de trabalho arregimente até 200 empregos com carteira assinada no setor de construção civil.

De acordo com a Prefeitura de Parauapebas, a recuperação das vias decorre da depreciação natural do pavimento asfáltico, em razão do intenso fluxo de veículos e das chuvas volumosas provenientes do inverno amazônico. Se não reparadas, as ruas tornam-se intransitáveis. O governo municipal alega não dispor de mão de obra e equipamentos específicos suficientes para atender à demanda de uma operação tapa-buraco eficiente e com qualidade no decorrer do ano, não restando alternativa a não ser contratar os serviços.

E justifica. “O número de pessoas socorridas em prontos-socorros do município por causa de acidentes de trânsito é significativo”, destaca a prefeitura, associando as ocorrências a sinistros que têm buracos nas ruas como causa. “É direito do contribuinte chegar a sua residência e não encontrar buraco na frente de sua casa”, reconhece a administração, admitindo o desconforto e os prejuízos à sociedade de ruas com asfalto deteriorado.

CONFIRA OS BAIRROS ONDE HAVERÁ FRENTES DE TRABALHO

  • Bairro União
  • Bairro Rio Verde
  • Bairro Guanabara
  • Bairro Primavera
  • Bairro Cidade Nova
  • Bairro Liberdade 1
  • Bairro Liberdade 2
  • Bairro da Paz
  • Bairro Novo Horizonte
  • Bairro Altamira
  • Bairro Betânia
  • Bairro Vila Rica
  • Bairro Beira Rio 1
  • Bairro Beira Rio 2

Ainda segundo a prefeitura, algumas ruas dessas comunidades contempladas em contratos anteriores poderão ser alvo de nova restauração em razão de “apresentarem grande fluxo de veículos particulares, coletivos e de carga pesada, que viabilizam o transporte de materiais fornecidos e serviços prestados no município”. Caso necessário, diz o governo, haverá a inclusão de outras vias que não foram destacadas ou averiguadas no momento do levantamento técnico para confecção da licitação, desde que haja a comprovada necessidade de restauração das ruas.