Tailândia: Preso mais um acusado de matar casal e incendiar casa das vítimas

Os crimes aconteceram no dia 27 de junho deste ano. As vítimas foram mortas de forma bárbara, a golpes de facão, e uma teve o corpo carbonizado
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Foi preso na cidade de São Miguel do Guamá, no nordeste do Pará, mais um acusado de envolvimento na morte bárbara de Creuza da Silva Conceição, de 45 anos, e do companheiro dela, Ricardo Santos. Crimes ocorridos no dia 27 de junho deste ano, no município de Tailândia, também no nordeste do estado.

 O acusado, identificado como Lukas Abreu da Silva, de 19 anos, foi preso em uma operação que envolveu as polícias Civil e Militar, na tarde desta quarta-feira (4), de combate ao tráfico de drogas. Na Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Guamá, foi descoberto que ele estava com mandado de prisão decretado por envolvimento no assassinato do casal.

A prisão foi pedida pelo delegado João Bosco, que conduz as investigações. O casal foi morto com vários golpes de facão na casa onde morava, no Jardim Liberdade, na vicinal do Cemitério, por volta das 4h da madrugada.

Após matar o casal, os bandidos ainda atearam fogo na residência e o corpo de Ricardo Santos, que foi deixado dentro da casa, foi carbonizado. O corpo de Creusa foi encontrado do lado de fora da casa.

Além de Lukas Abreu, outros dois criminosos estão com prisão decretada por participação nos crimes e estão sendo procurados. São eles: Francisco Kauan Rufino e Henrique Brito Moreira (Ferrugem). Os dois são apontados como os autores da morte do casal.

Tina DeBord