Suspeito de envolvimento na morte de Altamiro Borba ficará preso em Tucuruí

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on print

Continua depois da publicidade

Assassino do AltamiroA Polícia Civil de Novo repartimento prendeu Ricardo Soares da Silva (foto), suspeito de envolvimento no crime que levou à morte do empresário Altamiro Borba, em Parauapebas, no ano de 2013. A prisão foi realizada no último sábado, 20 e Ricardo ficará detido provisoriamente em Tucuruí.

Segundo a assessoria da Polícia Civil do Pará, Ricardo portava documento com nome falso, quando foi detido. “Ele foi flagrado com duas armas e diversos objetos roubados”, afirmou a assessoria. Ricardo havia fugido da Central de Triagem Metropolitana IV, localizada no Complexo Prisional de Santa Izabel, Região Metropolitana de Belém.

O suspeito havia sido preso em outubro de 2013, em uma ação conjunta do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) da Polícia Civil de Marabá e da Polícia do Maranhão. Na ocasião, ele estava foragido, quando foi capturado em Balsas-MA.

Altamiro Borba Soares foi morto em 22 de julho de 2013 quando entrava em uma agência da Caixa Econômica Federal, em Parauapebas, para efetuar um depósito bancário. Ele foi atingido por dois tiros pelas costas. 

Publicidade