Suposta queda de avião na região de São Félix do Xingu gera especulações em rede social (Atualizado)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Continua depois da publicidade

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Mensagens de áudio na rede social WhatsApp, divulgadas na noite desta quarta-feira (21), dão conta da queda de um avião na região sul do Pará, a 100 km de São Félix do Xingu, entre as fazendas de pessoas conhecidas como Dr. Vanderley, Edilberto e Avercino. O avião, segundo as informações, teria sido visto sobrevoando essa área em momento em que chovia bastante. Logo depois, teria explodido, com o estrondo sendo ouvido a 30 km do local da queda.

Ainda na rede social, chegou-se a especular que o avião seria de grande porte e havia saído de Belém com 80 passageiros, mas, a Aeronáutica, por meio de uma fonte no Primeiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa I), em Belém, informou que até o momento – por volta das 23h15 – todos os voos de grande porte estavam OK. “Se caiu alguma aeronave em SFX, esta é de pequeno porte”, dizia o informante.

De Tucumã também veio a informação, passada por um ex-vereador, de que um ex-vice-prefeito daquele município, identificado como Dr. Vanderley, comentou no final da tarde sobre a queda de um avião em área de reserva da sua fazenda, na região de Teilândia, município de São Félix do Xingu.  As informações de lá dizem que foi um avião de pequeno porte, de propriedade de um morador de Tucumã conhecido por “Bosquin”. Essa informação, no entanto, precisa de confirmação.

Em outro áudio, uma pessoa afirma que, em contato com um supervisor de voo, foi informada de que todas as aeronaves com plano de voo constando passagem pelo espaço aéreo de São Félix do Xingu levantaram, decolaram e aterrissaram normalmente. A mesma pessoa levanta a hipótese de se algum avião caiu, não tinha plano de voo e pode “até ser de traficante”.

Nota oficial do Governo do Estado sobre a suposta queda

“O Governo do Estado, através dos órgãos ligados à Secretaria de Segurança Publica e Defesa Social, informa que mantém contato permanente com a Aeronáutica acerca das informações que circulam nas redes sociais na noite desta quarta-feira (21), dando conta de um acidente envolvendo uma aeronave na região de São Felix do Xingu. Até o momento, os órgãos de controle do espaço aéreo brasileiro não receberam nenhuma notificação que possa confirmar o acidente. E, de acordo com as informações das equipes que fazem o monitoramentos dos planos de voo nesse setor, não há nenhum registro de acidente envolvendo aeronave comercial ou de grande porte, conforme mensagens que circulam nas redes sociais. O esforço da Aeronáutica neste momento é checar as informações na região sobre movimentações e planos de voo de aeronaves de pequeno porte e particulares. Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves estão de prontidão para o caso de necessidade de deslocamento para qualquer missão na região.”