Selado acordo para votação da PEC do Fundeb nesta terça (21)

Governo desistiu de utilizar parte dos recursos para programa de transferência de renda na negociação com o Congresso, em reunião na segunda-feira (20)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
PEC do Fundeb na pauta de votação desta terça, na Câmara dos Deputados

Continua depois da publicidade

Brasília – Prevendo uma derrota com consequências imprevisíveis, o governo federal recuou nas suas pretensões de alterar o texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna permanente o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e destinar parte dos recursos para o programa de transferência de renda que deve absorver o Bolsa Família e congêneres numa única conta. Selado o acordo, a matéria vai à votação na sessão desta terça-feira (21). 

Do lado do governo estavam o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, o líder e vice-líderes da base de apoio à Bolsonaro; no outro, líderes partidários dos demais partidos, do Centrão à oposição.

Na mesa, a proposta de aumentar a complementação da União de 20% para 23%, e resguardar 5% para ampliar vagas na educação infantil e não para o programa de transferência de renda, como queria o governo.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e a relatora da PEC do Fundeb, Professora Dorinha Seabra (DEM-TO), participaram da reunião de forma decisiva. Os deputados descartaram a utilização de vouchers para financiar vagas de educação infantil na iniciativa privada, como permitia a proposta do governo. A relatora também rejeitou a inclusão de um teto de, no máximo, 70% para uso de recursos do Fundeb no pagamento de profissionais da educação.

A proposta será submetida ao ministro da Economia, Paulo Guedes, e ao presidente Jair Bolsonaro para avaliação, mas está muito próxima da finalização e deve ser formalizada nesta manhã junto ao Congresso. O governo tentou adiar a votação para a quarta-feira (22), mas Maia quer que ela ocorra hoje.

Por Val-André Mutran – de Brasília

Publicidade