Seaster capacita técnicos do Sine de Parauapebas e Xinguara

Em Parauapebas, a equipe da Seaster ainda realizou um mutirão de atendimentos à população, para atender à demanda de pedidos do seguro-desemprego
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Técnicos do Sine de Parauapebas e Xinguara passam por qualificação promovida pela Seaster

Continua depois da publicidade

A Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) concluiu a capacitação de técnicos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) dos municípios de Parauapebas e Xinguara, no sudeste do Pará. O curso foi realizado na sede do Sine de Parauapebas, em parceria com a prefeitura do município, para técnicos que auxiliam na execução de serviços de intermediação de mão de obra e habilitação do seguro-desemprego.

Os técnicos da Diretoria de Trabalho e Emprego da Seaster ministraram a capacitação, conduzindo os participantes através da plataforma digital Emprega Mais Brasil, do Ministério da Economia, a qual gerencia a execução do atendimento de seguro-desemprego em suas mais diversas modalidades: Seguro-Desemprego Formal, Seguro-Desemprego Empregado Doméstico, Seguro-Desemprego Pescador Artesanal, Seguro-Desemprego Empregado Resgatado e Bolsa Qualificação.

Segundo a coordenadora de Seguro-Desemprego da Seaster, Ana Patrícia, a demanda de seguro desemprego em Parauapebas é muito vasta devido ao município ser um grande polo de empregabilidade, com uma rotatividade muito alta. “Por isso, a Seaster está aqui para auxiliar na reabilitação deste serviço, que há dois anos não ocorria,” frisou.

A equipe da Secretaria ainda realizou um mutirão de atendimentos à população, a fim de suprimir a demanda existente nas solicitações de seguro-desemprego. Na ocasião, 161 pessoas foram atendidas.

De acordo com Joseane Reis, gerente do posto do Sine de Parauapebas, a capacitação possibilitou aos servidores receber maiores informações sobre os procedimentos. “Fomos à prática do atendimento, com habilitação ao seguro desemprego e o atendimento direto à população. Isto nos dá a possibilidade de receber os trabalhadores do nosso município e fazer um trabalho com excelência. Saímos desta capacitação mais seguros para realizar o atendimento,” destacou.

Tina DeBord