Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Sargento PM pula de rabeta, tenta nadar e desaparece no Rio Tocantins

Itamar da Cruz retornava das comemorações do Natal na chácara de membro de sua família

A morte alcançou o sargento da Polícia Militar Itamar da Cruz Araújo, morto afogado no Rio Tocantins. Em um ato comum para muitos moradores antigos da Velha Marabá, ele pulou de uma rabeta quando esta diminuiu a velocidade para atracar no Balneário das Mangueiras. A intenção era chegar à terra firme nadando. Ele chegou a ser visto mais duas vezes imergindo, mas depois desapareceu de vez, com a correnteza forte durante este período de cheia.

Seu desaparecimento ocorreu por volta de 9 horas e apenas 3 horas depois homens do Corpo de Bombeiros conseguiram encontrar seu corpo. Ele pulou a cerca de 2 km de onde quatro jovens morreram eletrocutados num sistema de captação de água da Cosanpa.

A Associação de Policiais Militares e Bombeiros Militar divulgou nota, através de seu presidente, Cabo J. Morais, lamentando a trágica morte do policial militar.

O sargento Da Cruz estaria retornando da chácara de um membro de sua família, mas antes de atracar o barco, ao diminuir a força do motor, o militar pulou nas águas do Rio Tocantins, nadou em direção à margem, próximo ao Bar da Ana, no Balneário das Mangueiras. Os bombeiros foram acionados imediatamente, porém o militar foi encontrado já sem vida. O anúncio do falecimento do sargento Da Cruz causou sentimentos de pesar entre os amigos de farda.

Veja também:  Homem preso por furto há duas semanas foi assassinado em Jacundá

Segundo o major Oeiras, sub-comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, Da Cruz atuava informalmente como conselheiro dos colegas de trabalho, era bastante alegre e nunca teve uma mancha em seu currículo.

Ulisses Pompeu – de Marabá

Deixe uma resposta