Redenção

Hospital Regional de Redenção ameaça paralisar atividades nesta quinta-feira

Servidores do Hospital Regional Público do Araguaia (HRPA), em Redenção sul do Estado, ameaçam paralisar nesta quinta-feira (27) as consultas ambulatoriais e as cirurgias eletivas, caso a direção da casa …

Servidores do Hospital Regional Público do Araguaia (HRPA), em Redenção sul do Estado, ameaçam paralisar nesta quinta-feira (27) as consultas ambulatoriais e as cirurgias eletivas, caso a direção da casa de saúde não dê uma posição sobre o pagamento dos salários dos servidores neste período de transição contratual.

Segundo informações repassadas à Reportagem do Blog, o contrato 044/2012, firmado entre o Estado e a OS (Organização de Saúde) Idesma (Instituto de Saúde Santa Maria), que administra o Hospital Regional, expirou no último dia 6 de dezembro, causando apreensão aos 617 empregados quanto ao pagamento dos salários a partir de 7 de dezembro.

De acordo com a direção da casa de saúde, o HRPA, como hospital de média e alta complexidade, atende pacientes de 15 municípios da Região do Araguaia e é referência em atendimentos no Estado do Pará em cirurgias de hemodiálise.

O diretor clínico e coordenador de urgência e emergência do hospital, o médico Itapuã, disse que solicitou, no último dia 24, um parecer da diretoria-geral do Idesma, uma previsão sobre o pagamento dos salários.

 “Nós queremos uma garantia do pagamento dos nossos prestadores de serviços, médicos e colaboradores. Caso não tenhamos essa garantia até o fim da tarde de hoje, vamos programar o encerramento de algumas atividades, como atendimento ambulatorial e as cirurgias eletivas”, advertiu.

Ainda de acordo com a direção do hospital, com a possível paralisação, muita gente ficará prejudicada. “Muitos dos nossos usuários serão prejudicados, pois haverá pessoas que percorrerão quilômetros de outras cidades até Redenção e não terão atendimento”.

Além da solicitação da garantia do pagamento dos servidores neste período de transição contratual, Irapuã disse que solicitou também ao governo do Estado, por meio da Sespa (Secretaria de Estado de Saúde Pública), a renovação no parque tecnológico, pois o Hospital Regional precisa de tomógrafo, raios-x e mamógrafo novos, assim como todos os demais componentes do aparato tecnológico, pois, tudo o que está sendo usado no hospital, desde os respiradores, são aparelhos que remontam à inauguração do HRPA, há  11 anos.

“Estamos solicitando a garantia do pagamento e a renovação do nosso parque tecnológico, pois é muito importante e fundamental para dar continuidade à prestação dos serviços do Hospital Regional”, concluiu.

Deixe seu comentário