Remo perde para o Londrina no Estádio do Café pela 14ª rodada da Série B 2021

O meia Gegê marcou um golaço de falta que garantiu a vitória do Tubarão diante do Leão
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Felipe Gedoz manteve a regularidade com a camisa do Remo (Foto: Samara Miranda/Ascom Remo)

Continua depois da publicidade

O Clube do Remo perdeu a sua sequência positiva no Campeonato Brasileiro da Série B. Atuando na tarde desta sexta-feira (23), o Leão Azul caiu para o Londrina (PR), por 1 a 0, no Estádio Municipal Jacy Scaff, o Café, em Londrina, partida válida pela 14ª rodada da competição nacional. Apesar do revés, o time azulino permanece na 11ª posição, com 16 pontos, enquanto a vitória tirou o Londrina da lanterna, somando 12 pontos e assumindo o 16° lugar.

O único gol do jogo foi marcado aos 29 minutos do segundo tempo, quando o meia Gegê do Londrina cobrou falta com perfeição e acertou o ângulo da meta do goleiro Vinícius, que foi e não achou nada.

O Clube do Remo volta a campo diante do Avaí (SC), na próxima quarta-feira (28), às 19h, no Estádio Aderbal Ramos da Silva, a Ressacada, em Florianópolis, duelo atrasado da quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. 

O jogo: Leão perdeu a boa sequência! 

Até então lanterna da série B, o Londrina saiu para o jogo. Após dividida de Felipe Vieira no ataque, a bola sobrou para Safira, que chutou e o goleiro Vinícius defendeu bem no meio do gol. Em mais uma tentativa de Safira, o atacante do time paranaense chutou e o goleiro Vinícius defendeu novamente. O Remo respondeu com Felipe Gedoz, que cobrou falta para área e o zagueiro Kevem cabeceou para fora. 

O time da casa quase abriu o placar, depois que Celsinho recebeu dentro da área, dominou no peito e chutou para a defesa do goleiro Vinícius; na sobra, Lucas Lourenço chutou por cima da meta remista. O Londrina colocou pressão. Em mais uma tentativa, Douglas Santos se livrou da marcação e tocou para trás, Safira chegou chutando e parou na defesa do goleiro Vinícius. No lance seguinte, Douglas Santos tocou para Celsinho, que chutou e a bola passou com perigo contra a meta azulina.

Como todo o time do Tubarão estava chutando, o meia Marcelo Freitas também experimentou de fora da área e mandou para fora, sem perigo contra a trave remista. Em mais uma tentativa do Londrina, Matheus Bianqui recebeu na direita e chutou cruzado, mas o goleiro Vinícius defendeu, salvando o Remo. O atacante Safira, mesmo caído, conseguiu lançar para o meia Celsinho, que entrou livre e chutou para uma grande defesa do goleiro Vinícius. 

O Remo voltou ao ataque quando Felipe Gedoz cobrou falta, Kevem desviou de cabeça e Romércio não conseguiu desviar para dentro do gol. Boa chegada do Leão. O atacante Dioguinho tentou marcar de fora da área, mas mandou muito longe da meta do goleiro César. No último lance do primeiro tempo, em um contra-ataque quase que fulminante, Erick Flores tocou para Felipe Gedoz, o qual se livrou da marcação e chutou para a grande defesa do goleiro César, que salvou para escanteio. 

No segundo tempo, o Londrina teve a primeira chance com Tiago Orobó, que chutou de longe por cima da trave azulina. Em mais uma tentativa dos donos da casa, Celsinho tocou para Tiago Orobó, que mandou um chute mais perigoso contra a meta do goleiro Vinícius. Lucas Lourenço cruzou na segunda trave para a cabeçada de Safira – a bola bateu na rede, mas pelo lado de fora, em uma boa chegada do Tubarão.

O Leão Azul assustou depois que Felipe Gedoz cobrou escanteio, a bola foi desviada, o goleiro César saiu mal do gol, Romércio pegou a sobra e mandou por cima, Tárik conseguiu tirar quase em cima da linha. O Londrina respondeu depois que Safira tocou para o chute de Felipe Vieira, mas o goleiro Vinícius espalmou, salvando o Remo. Celsinho cobrou escanteio e Marcelo Freitas desviou de cabeça; o goleiro Vinícius salvou o Leão mais uma vez.

O Tubarão foi para cima do Leão. Lucas Lourenço fez boa jogada e a bola ficou para Tiago Orobó, após ganhar uma dividida, a redonda sobrou para Celsinho emendar o chute. A turma do Londrina pediu pênalti, alegando que a bola teria tocado na mão de Kevem dentro da área, mas a arbitragem mandou o lance seguir. O Remo tentou abrir o placar quando Victor Andrade ganhou na dividida e a bola sobrou para Anderson Uchôa, que chutou por cima da meta do goleiro César.

Em uma falta de longa distância, o meia Gegê cobrou com perfeição e acertou no ângulo do goleiro Vinícius, aos 29 minutos, 1 a 0 Londrina. Minutos depois, em outra cobrança de falta, Marcelo Freitas bateu e o goleiro Vinícius defendeu bem para o Leão. Só dava Londrina. Mateus Bianqui fez grande jogada pela direita e tocou para o chute de Gegê – o goleiro Vinícius defendeu quase em cima da linha. 

O Londrina levava perigo na bola parada. Gegê cobrou falta e Safira tentou marcar de cabeça, mas a bola foi para fora. O Remo reclamou da arbitragem: quando Felipe Gedoz cobrou escanteio, a bola teria tocado na mão do zagueiro do Tubarão dentro da área e o árbitro mandou seguir o lance. O Leão teve a chance do empate, quando Renan Gorne recebeu na direita e chutou cruzado, mas a bola passou por Lucas Tocantins. 

Na última tentativa do Leão, Felipe Gedoz cobrou escanteio na segunda trave, Romércio cabeceou e o goleiro César fez milagre, defendendo quase em cima da linha. No rebote, o arqueiro salvou novamente o time da casa. Placar final: Londrina 1 x 0 Remo.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA: César; Matheus Bianqui, Marcondes Júnior, Augusto e Felipe Vieira; Tárik (Jean Henrique), Marcelo Freitas e Celsinho (Gegê); Douglas Santos (Tiago Orobó) (Pedro Cacho), Safira (Júnior Pirambu) e Lucas Lourenço.
Técnico: Márcio Fernandes

REMO: Vinícius; Thiago Ennes, Romércio, Kevem e Igor Fernandes; Anderson Uchôa (Pingo), Marcos Júnior (Arthur) e Felipe Gedoz; Dioguinho (Wallace), Erick Flores (Renan Gorne) e Victor Andrade (Lucas Tocantins).
Técnico: Felipe Conceição

  • Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
  • Assistente 1: Eduardo Gonçalves da Cruz (RJ)
  • Assistente 2: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RJ)
  • Quarto árbitro: Elvio Kertelt Legnani (PR)
  • Cartões amarelos: Lucas Lourenço e Júnior Pirambu (Londrina); Anderson Uchôa, Renan Gorne, Pingo e Kevem (Remo)
  • Gol: Gegê, de falta, aos 29 minutos do 2° tempo para o Londrina
  • Local: Estádio Municipal Jacy Scaff, o Café, em Londrina

Por Fábio Relvas